Arquivo de dezembro de 2012

Três lançamentos de 2012 que precisam emplacar em 2013

sexta-feira, 28 de dezembro de 2012

28-12-2012-1

O ano de 2012 foi recheado de lançamentos interessantes no setor automobilístico. Mas nem tudo sai com a montadora pretende e alguns ficaram muito abaixo do esperado em termos de vendas. Listamos três exemplos, confira.

O principal caso é o Toyota Etios. Fabricado em Sorocaba (SP), o compacto japonês é um carro excelente, mas suas vendas foram desastrosas para a Toyota. O principal motivo foi sua época de lançamento: quase junto com o Hyundai HB20, o compacto mais aguardado do ano.

A meta de vender cerca de 5.800 unidades por mês ficou longe: o Etios vendeu 1.300 de sua versão hatch e 800 de sua versão sedã. E nem adiantou o fabricante comercializá-lo a R$29.900 mesmo depois de tê-lo anunciado a R$35.000, as vendas foram péssimas.

O Kia Optima é outro exemplo. Vendendo apenas 100 unidades mensais (a Kia contava com 300), o carro ainda não emplacou. A ótima montadora coreana ainda sofre preconceito do consumidor brasileiro, que sempre teve um perfil conservador. Preconceito infundado, pois o Optima é espetacular (como a maioria dos carros da Kia): design de fazer inveja e motor 2.4 de 180 cv de potência aliado ao câmbio de seis marchas, sem contar inúmeros itens de série.

Um carro que sofreu um caso curioso é o Honda CR-V. A quarta geração do confiável e belo SUV japonês começou bem o ano: 1.800 unidades por mês (número interessante para um SUV importado e caro). Mas nos meses de outubro e novembro teve vendas de 488 e 119 unidades respectivamente. Isso tem a ver com a restrição de importação, já que o carro é fabricado no México.

Os três carros aqui listados são muito acima da média da maioria de seus concorrentes e são ótimas opções pra quem está procurando um carro novo para o novo ano, mas sofrem das mais diversas situações para as vendas não vingarem. Quem sabe 2013 reserva alguma surpresa? A equipe de marketing terá um trabalhão pela frente.

345 mil veículos foram chamados para recall em 2012

quinta-feira, 27 de dezembro de 2012

27-12-2012-1

Desde janeiro de 2012, 345 mil veículos, entre carros e motocicletas, foram convocados de volta à oficina para reparos de fabricação.

Os motivos para os donos serem convocados para reparar defeitos são variados, desde riscos de vazamento de combustível até infiltrações de água no motor. No entanto, nem sempre todos os carros daquele modelo necessitam do conserto quando o dono é convocado.

Um recall é feito por lotes de fabricação, identificados pelo número do chassi. Também é importante ressaltar que um recall não tem data de validade: o motorista pode ir a qualquer momento à oficina. Porém é importante que vá o quanto antes, pois todos os defeitos de fabricação podem colocar todos os passageiros em risco.

Caso não se faça o reparo em até 12 meses após seu anúncio, essa informação estará no campo de observações do CRLV quando o proprietário realizar o licenciamento do ano seguinte. O serviço prestado pela montadora no recall é necessariamente gratuito.

O maior recall do ano foi da Citroën, que convocou 97.238 unidades do C4 à oficina. Logo depois vem a Toyota que precisou chamar 30.049 unidades entre Corolla, RAV4 e Camry.

O motorista pode acessar o site do Procon-SP ou do Ministério da Justiça para saber se seu veículo está envolvido em algum recall. Vale a pena conferir para já começar 2013 com o carro em dia.

Nova Lei Seca entra em vigor já em 2012

quarta-feira, 26 de dezembro de 2012

26-12-2012-1

Na quinta-feira, dia 20, a Presidente Dilma Rousseff sancionou, sem vetos, as novas condições da Lei. Publicados no diário oficial na sexta-feira (dia21), os novos termos já estão em vigor.

Mais rígido que antes, o novo texto aumenta a multa dos atuais R$ 957,65 para R$ 1.915,30. Caso o motorista reincida na infração dentro do prazo de um ano, o valor duplica, chegando a R$ 3.830,60.

A grande diferença, porém, fica no uso do bafômetro. Antes a única forma aceita para comprovar estado de embriaguez, os suspeitos sempre se recusavam a fazer o uso do aparelho, apoiando-se na máxima de que ninguém é obrigado a gerar provas contra si mesmo.

Agora vale depoimento dos policiais, testes clínicos, testemunhos de terceiros, fotos e vídeos como provas para a embriaguez do condutor. Para eventual enquadramento criminal, segue valendo a quantidade-limite de seis decigramas de álcool por litro (dg/l) de sangue.

Em suma, fica mais fácil enquadrar alguém na Lei Seca e a multa é muito mais cara. O problema ainda é a visão positiva ou isenta de culpa que o a sociedade carrega sobre o consumo de álcool e a falta de responsabilidade, sobretudo coletiva, própria do brasileiro. Isso sim tem que ser mudado.

Em 2012, Toyota volta ao topo do mundo

quinta-feira, 20 de dezembro de 2012

20-12-2012

Outra vez a Toyota fechará o ano como a maior vendedora de automóveis do mundo, distanciando-se da GM e da VW, que brigam pelo segundo lugar.

A montadora japonesa, inclusive, baterá seu próprio recorde de vendas, quando comercializou 9,37 milhões de unidades em 2007. Neste ano, porém, as vendas chegarão a 9,75 milhões de veículos.

Em segundo lugar estão empatadas GM, que foi líder de vendas em 2011, e VW, que tem planos para ser a líder em 2013. Mas bater a Toyota nãos era fácil.

Muito do sucesso da japonesa deve-se a qualidade, segurança e ousadia de seus automóveis, ao passo que a GM mantém-se baseada em suas tradições e a VW não ousa em seu design.

As três montadoras garantem que em 2013 a disputa será mais acirrada e todas estão se planejando para atingir a inédita marca de 10 milhões de unidades comercializadas em um ano. Os principais comércios mundiais são EUA, Japão e China.

O Brasil, não aparece nessa lista principalmente por conta do preço dos automóveis por aqui.

Notas:

- Está sendo discutida a prorrogação da redução do IPI para julho de 2013. Essa seria a terceira prorrogação, a primeira aconteceu em agosto e a segunda em outubro.

- O ministro da Fazenda, Guido Mantega, afirmou que a gasolina sofrerá aumento no próximo ano. O ministro, porém não disse nem qual a porcentagem do reajuste e que não se sabe ainda quando será implantado. Ainda afirmou que “se soubesse, não diria por que mexe com o mercado”.

Viajar nas férias também exige preparo do motorista

segunda-feira, 17 de dezembro de 2012

17-12-2012-1

Já falamos aqui no blog as inúmeras precauções necessárias antes de pegar a estrada. Cuidados para transportar crianças e animais de estimação, o uso do cinto de segurança, dicas para evitar aquaplanagem, atenção ao outros carros, importância dos pneus e etc. Mas hoje vamos abordar outro ponto: o preparo do motorista.

Primeiramente, é fundamental que o motorista esteja descansado. Evitar uma balada, dormir cedo, caso a viagem seja de manhã ou dormir de tarde, caso prefira pegar a estrada pela noite é fundamental.

Por mais que você acredite que “aguenta o cansaço”, seus reflexos estarão muito debilitados em condições de fadiga e sua capacidade de prestar atenção ficará muito prejudicada. O corpo e a mente precisam de descanso e sono.

Beber antes de dirigir JAMAIS! E não invente histórias como “eu paro de beber uma hora antes e tudo bem” porque o organismo metaboliza em média apenas 0,1 l de álcool pó hora. E mesmo depois de eliminar o álcool, o corpo e a mente irão apresentar sérios sinais de cansaço e fraqueza. Isso sem contar a irresponsabilidade e o perigo que é guiar alcoolizado. Soma-se a tudo que essa é uma atividade ilegal.

Vai pegar estrada sozinho? Então mais cuidado, você não tem ninguém para revezar ao volante e nem para conversar. Pare o carro caso esteja com sono e arrume um lugar para uma soneca. Café só funciona em algumas pessoas e até certo ponto, pois quando o corpo não resite mais, ainda que a cafeína te deixe acordado, seus reflexos serão muito ruins.

Vale ressaltar que alguns medicamentos podem tirar a concentração e a velocidade das reações, bem como causar sonos repentinos e estados entorpecentes. Caso você esteja tomando alguma medicação dessa natureza, não se meta a dirigir, deixe para algum amigo.

Lembre-se de parar algumas vezes (em caso de viagens longas) para alongar-se, usar o banheiro e tomar um cafezinho, caso goste. Isso tornará a viagem mais confortável e menos cansativa.

Respeitando sempre os outros veículos e o limite de velocidade, faça uma boa viagem.