Arquivo de abril de 2013

Finalmente a nova Saveiro

terça-feira, 23 de abril de 2013

23-04-2013-1

Na semana passada a Volkswagen revelou a última “irmã” da família Gol 2014. A Saveiro, agora com a frente do novo Gol e do novo Voyage, alinha-se com a linguagem global de design da marca.

Todos os modelos da nova caminhonete são de motor 1.6 e o preço, segundo o fabricante, varia de R$ 33.490 para a standard de cabine simples a R$ 48.990 para a versão cross.

Como novidade técnica, a Saveiro agora está alinhada com o Gol, Voyage e Fox, ou seja, possui detector eletrônico de colisões, que em caso de acidente ativa automaticamente as luzes de alerta e destrava as portas. A picape também conta com o Emergency Stop Signalque, em freadas bruscas, aciona automaticamente as luzes de freios de forma intermitente, alertando os motoristas que vêm atrás.

Do pacote eletrônico também vem o sistema ECO Confort, que alerta o motorista a fechar as janelas quando o ar-condicionado estiver funcionando ou não acelerar quando o carro estiver parado, reduzindo o combustível de combustível.

Direção hidráulica, freios ABS, ar-condicionado e airbag são optativos para todos os modelos. Portanto o carro está em desacordo com a legislação de 2014, que exige ABS e aribag duplo dianteiro para todos os modelos.

Os carros mais roubados do Brasil, segundo a CNSeg

segunda-feira, 22 de abril de 2013

22-04-2013-1

A Confederação Nacional das Empresas de Seguros Gerais (CNSeg) divulgou a lista de carros mais roubados do Brasil. A lista, no entanto, não se baseia em números absolutos, mas em porcentagem, ou seja, leva em conta a quantidade de carros roubados em relação à frota circulante, e diz respeito ao mês de fevereiro de 2013.

A Fiat é a montadora com mais carros entre os dez primeiros, com nada menos que cinco modelos. Mas o veículo mais roubado (ou furtado) foi o Hyundai HR (foto). Na maioria dos casos, porém, o HR foi recuperado, o que pode revelar outro dado: esse veículo é roubado por conta de sua carga e não de seu valor de mercado.

Por isso também não é de se espantar a presença dos veículos Fiat Fiorino e Fiat Ducato na lista.

Há também os carros de passeio, obviamente. Dentre esses, o Fiat Punto ocupa o lugar mais elevado do triste ranking, em segundo lugar geral. Pensando em números absolutos, entre os dez primeiros, mais casos de roubo e furto envolveram o Honda Civic com 269 casos.

Segundo a CNSeg ainda, o Estado de São Paulo é onde mais crimes dessa natureza aconteceram, com 11.699 veículos roubados e furtados, o que corresponde a 47,39% de todos do país.

Confira abaixo a lista da CNSeg.

22-04-2013-2

Chrysler paga alto por farol da Hyundai

sexta-feira, 19 de abril de 2013

19-04-2013-1-1

Já faz algum tempo que é possível notar a verdadeira “invasão” da indústria sul-coreana no ramo automotivo. Com carros seguros, bons, econômicos e, acima de tudo, muito bonitos, Kia e principalmente Hyundai estão conquistando o mundo.

Falamos aqui no blog sobre uma verdadeira revolução chamada nos EUA de “efeito Hyundai” que prioriza o design (em seu sentido mais amplo, ou seja, a forma em prol da solução de problemas) dos veículos. Esse efeito fez com que as montadoras do ocidente, seja Europa ou EUA, buscassem “ajuda” no oriente.

Tendo em vista esse cenário, uma das mais tradicionais montadoras norte-americanas decidiu desembolsar uma quantidade enorme de dinheiro para ter o conjunto óptico da Hyundai. Para esclarecer, existe uma divisão quase independente dentro da empresa coreana chamada Hyundai Mobis que projeta o conjunto óptico dos carros.

Os principais clientes da Hyundai Mobis são, obviamente, Hyundai e Kia. Mas com o sucesso de vendas, a divisão já tem 10% de seu faturamento baseado em projetos para as “estrangeiras” (pode parecer pouco, mas uma década atrás a Mobis era exclusiva das montadoras coreanas).

Agora a Chrysler pagou nada menos que meio bilhão de dólares para ter alguns projetos da Hyundai Mobis em seus veículos. É a maior transação da história desse setor.

A Chrysler, porém, não divulgou ainda quais carros receberam os conjuntos sul-coreanos. A Hyundai Mobis pretende que, até 2020, 20% de sua renda seja originária das montadoras não coreanas. Alguém tem dúvidas que eles irão conseguir?

Baterias de carro terão selo do Inmetro

quinta-feira, 18 de abril de 2013

18-04-2013-11

A partir deste ano, as bateria de carros e motos fabricadas no Brasil receberão o selo da Inmetro. A manobra visa dificultar e diminuir a falsificação do componente.

De fato, bateria é um dos componentes mais falsificados do mercado de reposição automobilístico. Quem já passou por isso sabe bem os problemas que uma bateria de má qualidade pode trazer.

A medida foi aprovada em junho de 2012 e vale já para 2013. O órgão avisou que os comerciantes têm até julho de 2014 para deixarem seus estoques dentro do padrão. As baterias importadas deverão estampar também um selo de qualidade.

“Constatamos no mercado que alguns fabricantes informavam na embalagem uma capacidade de amperagem inferior ao que o produto de fato oferecia, prejudicando o consumidor e a concorrência. Por isso, decidimos regulamentar o produto, com foco no desempenho”, afirma o diretor de qualidade do Inmetro, coberto de razão.

Mesmo sendo um período de adequação, é recomendado ao consumidor exigir desde já produtos com o selo de qualidade a fim de evitar futuras dores de cabeça.

É muito importante para o consumidor que o Inmetro está olhando cada vez mais para o mercado de reposição, historicamente o “elo fraco” do comercio automotivo.

Fiat lança versão de Strada baseada em… Cavalos!

quarta-feira, 17 de abril de 2013

17-04-2013-1

Não estamos falando de potência, mas de cavalos mesmo! É, o animal. A Fiat lançou uma nova versão da Strada coma pelo, obviamente, rural inspirada em cavalos.

Tomando por base as configurações Trekking 1.6 16V Cabine Estendida e Adventure 1.8 16V Cabine Dupla, o modelo chamado “Mangalarga Marchador” chega por R$ 46.550 e R$ 59.440. A série recebe rodas exclusivas (muito bonitas) e um logo em formato de ferradura no para-lama traseiro, nos bancos e na soleira das portas.

Mas não é isso que a faz “nova”. A Fiat ainda disse que a versão “Mangalarga Marchador” traz de série pacote HSD (airbag duplo e freios ABS – já de acordo com a nova legislação), direção hidráulica, travas e vidros elétricos, pneus de uso misto, suspensão, rádio Connect CD MP3, faróis exclusivos com moldura e canhões negros, volante em couro com comandos do rádio e retrovisores externos elétricos. A versão cabine dupla ainda traz teto solar e capota marítima. Ou seja, completaça!

E já que falamos de cavalos, a versão 1.6 traz 117 cv de potência e a versão 1.8, 132 cv (ambos os valores com álcool). Pra quem, assim como eu, gosta de uma caminhonete pequena, essa é uma opção de primeira.