Arquivo de junho de 2013

Os compactos são um novo segmento no Brasil ou é apenas novidade passageira?

sexta-feira, 21 de junho de 2013

21-06-2013-11

Compactos são aqueles carros menores que os hatches pequenos, mas cheios de estilo e com equipamentos de carro grande. O preço também é de carro grande, bem grande.

Longe de serem populares, os compactos estão ganhando fãs, mas não tanto adeptos. O preço é mesmo o maior impasse. Para esse segmento, temos poucas opções ainda, apenas cinco modelos. Todos importados. E parte de R$ 42.840.

Os cinco bravos e belos compactos são o Fiat 500, o Smart for Two, os Minis One e Cooper S e, um pouco maior que seus colegas, o Citroën DS3. Todos eles têm componentes que fogem do básico e design de primeira. Apenas o Smart é 1.0 e apenas o 500 na versão 8 válvulas é flex.

O 500 também não tem versão turbo. Os dois Minis e o DS3 só tem versão turbo, o For Two é disponível nas duas opções. Dentre todos, o 500, importado do México, é o mais barato: R$ 42.840 e o Mini Cooper S é o mais caro: R$ 99.950.

São carro lindos e bons, principalmente para a mobilidade urbana, porém o preço afasta o consumidor, que ainda não vê vantagem em ter um veículo tão pequeno pelo preço de um sedã ou até um SUV.

A solução seria fabricar esses carros por aqui mesmo e, talvez, oferecer versões mais “peladas”. Só a Fiat e a Citroën poderiam fazer isso. Será que vai acontecer?

Freemont troca 4 por 6. E também 87 por 95…

quinta-feira, 20 de junho de 2013

20-06-2013-1

A versão 2014 do FIAT Freemont passará a contar (finalmente) com câmbio automático de seis marchas. Acredite ou não, mas seu câmbio atual é de apenas quatro velocidades.

Além do novo câmbio, o SUV conta com nova central multimídia, mas apenas na versão top de linha. Ele traz tela de 8,4″ touchscreen, navegador GARMIN, câmera de ré, DVD e entrada para cartão de memória SD, além das funções usuais do U-Connect 4.3, tais como viva voz via Bluetooth, CD MP3 com USB, AUX IN e áudio streaming.

Mesmo sem alterar a potência e o motor, o desempenho está melhor com o novo câmbio, fazendo de 0 a 100 em 12,3 segundos de acordo com a montadora.

O problema é a outra mudança: de preço. O Freemont passa a ser bem mais caro. Produzido no México e importado para o Brasil, o carro na versão de entrada passa de R$ 87.160 a R$ 95.000 e na passa de R$ 93.160 a R$ 102.000.

Motor turbo dura mais ou menos?

quarta-feira, 19 de junho de 2013

19-06-2013-1

Esse é um assunto simples, mas cheio de mitos envolvidos. Afinal, qual é a durabilidade de um motor turbo?

Antes de qualquer resposta, vamos partir de uma premissa: é impossível prever com exatidão a durabilidade de um motor, seja turbo ou aspirado. Isso depende de muitos fatores, como qualidade do óleo usado, forma de dirigir, recuperação em caso de batida, qualidade do combustível usado, manutenção preventiva, entre outros.

O motor turbo tem pistões e válvulas mais reforçadas, mas trabalham com mais compressão e em temperatura mais elevada. A grande diferença é que um motor com esse dispositivo deve usar um óleo específico, para aguentar a temperatura maior.

De fato, tanto um motor aspirado quanto um turbo são projetados para ter a mesma durabilidade pelas montadoras. E eles devem ter vida útil maior que quinze anos. Ambos seguem os mesmos critérios de resistência.

No entanto, os parâmetros de durabilidade são diferentes em casos de motores turbinados “por fora”. Nesse caso, não dá para esperar que um motor adaptado, por melhor preparado que seja, tenha a mesma vida útil de um que foi desde o princípio projetado com o turbo pela montadora e sua resistência é completamente imprevisível, levando em conta outros fatores além daqueles já listados.

Então se você pretende comprar seu primeiro carro com turbo de fábrica e teme a durabilidade de seu motor, fique tranquilo. Apenas terá que ter com ele o mesmo cuidado que tem com qualquer outro motor.

Recall de Civic 2006 atinge mais de 500 unidades no Brasil

terça-feira, 18 de junho de 2013

18-06-2013-1

É um recall pequeno, mas temos que informar por motivos de segurança. Ainda mais sendo o Civic, um carro tão comum ao brasileiro.

O recall engloba 541 unidades do Civic nas versões LX e LXL, fabricadas especificamente entre os dias 1 e 7 de abril de 2006. A falha a ser verificada é na vedação do servo do freio. Esse problema pode tornar a frenagem menos eficaz e, em alguns casos, gerar um acidente.

Segundo a montadora, a inspeção deve ser agendada a partir do dia 27 de junho. O reparo ou eventual substituição do mecanismo, como sempre, é gratuito e pode ser feito em qualquer concessionária da Honda.

Os carros afetados pelo recall são os de chassis não sequenciais com início 93HE S1 e final (últimos sete dígitos) variando de 6Z111937 até 6Z112546.

Vale lembrar que, assim como todo recall, não há data limite para o proprietário agendar sua inspeção.

Ford confirma o belo Focus 3 para o Brasil

segunda-feira, 17 de junho de 2013

17-06-2013-1

Desde a sua primeira geração o Focus está um passo a frente dos concorrentes em pelo menos um quesito: design. A segunda geração do carro, que já dura anos, continua bela e não apresenta traços de cansaço mesmo com a chegada dos coreanos (que obrigou os outras empresas dominantes no Brasil a rever seus portfólios).

Mas o que é bom pode ficar melhor, segundo a própria Ford. Por isso tratou de confirmar o Focus 3 para o Brasil, com apresentação oficial no dia 19. Já tem até um site no ar para futuros clientes e interessados possam se cadastrar e receber informações do veículo.

O interessante é que essa geração do Focus já roda na Europa desde 2010 e provavelmente sofrerá alguma mudança em detalhes estéticos (acredita-se que a grade frontal deve ser alterada) ainda esse ano. Não sabemos se o Brasil receberá o carro já com essa mudança ou se ficaremos com a versão atual que em breve será a anterior.

De uma forma ou de outra, a Ford promete um portfólio completamente renovado até 2015, com a atualização de todos os seus modelos, a substituição de alguns e a implantação de novas opções. As opções, até o fim de 2015, devem ser essas:

· Hatch e sedã compactos (para o lugar do Ka e do Fiesta Rocam)

· New Fiesta hatch e sedã

· Focus hatch e sedã

· Fusion

· EcoSport

· Edge

· Caminhonete pequena (para o lugar da Courier)

· Ranger