Arquivo de novembro de 2013

Honda apresenta City global reformulado

sexta-feira, 29 de novembro de 2013

29-11-2013-1

Na Índia, a Honda apresentou a nova cara do sedã City, reformulado e agora global. Ele estará nas lojas em janeiro de 2014.

Nomeado de All New City, o sedã pequeno chega a sua quarta geração. O Brasil só conhece a terceira (primeira global do modelo) e receberá essa nova.

Visualmente, mesmo reformulado, o City mantém traços que mais parecem uma reestilização que uma nova geração propriamente dita. Porém, a Honda, sem dar detalhes, garante que um novo carro, principalmente na mecânica e no conforto.

As lanternas estão mais alongadas e agora lembram mais o Accord que o Civic. A grade frontal receber o padrão “asas” da Honda no lugar das três grades anteriores. A lateral, por sua vez, permanece quase inalterada.

Não foram divulgados valores ou detalhes técnicos. Teremos que esperar janeiro para descobrir.

Toyota diz que errou no Etios

quinta-feira, 28 de novembro de 2013

28-11-2013-1

O Etios é um bom carro. Muito bom. Mas alguns motivos o fizeram não vingar e a Toyota sabe disso e assumiu o erro.

No Brasil, o carro enfrentou o conservadorismo e medo do consumidor, mas, aliado a isso, o grande problema do Etios foi seu desenho: o carro é feio.

Por isso que a Toyota já está trabalhando na reestilização do modelo. Sem confirmação de apresentar o novo desenho, a marca já admitiu o equívoco no desenho e trata o assunto como prioridade.

De Tóquio, o chefe de design da montadora, Tokuo Fukuichi, comentou o design desastroso do Etios e prometeu: “vamos consertar isso”. Esperamos que sim, pois a Toyota tem tradição de belos carros, além de confiáveis.

SUVinho da Honda tem nome e data pra chegar

quarta-feira, 27 de novembro de 2013

27-11-2013-1

A Honda também entrará no mundo dos SUVinhos ou, agora mais elegantes, SUV urbanos (prefiro SUVinho) e apresentou no Japão seu novo carro: Vezel.

Chegando para competir com Chevrolet Tracks, Renault Duster e Ford EcoSport, o Vezel desembar aqui em 2015 apenas, mas já veio a confirmação que ele será fabricado na unidade de Itirapina (SP) e seu motor será de 1.5.

Assim como seus concorrentes, a proposta é um pequeno utilitário sobre a plataforma de um carro compacto. O Vezel usará a platafomra do monovolume Honda Fit.

A Honda garante que seu desempenho e potência serão de motor 2.0, mas com a economia de um 1.5. A propósito, o motor de dois litros deve deixar de existir até mesmo no Civic até 2015, mas isso é história pra outro dia…

O calor e o ar-condicionado

terça-feira, 26 de novembro de 2013

26-11-2013-1

Esquentou. Se ainda não, acredite: vai. Não somos nós que dizemos isso, é o verão tropical chegando ao Brasil (ainda bem). E você vai continuar usando seu carro e, provavelmente, abusar do ar-condicionado. Então vamos dar umas dicas que podem ser valiosas.

Primeiramente, para o bem da saúde de todos os passageiros, é interessante que a temperatura interna do carro não esteja muito mais fria que do exterior. Algo como 15 graus de diferença pode trazer complicações em algumas pessoas.

Outra dica interessante é apontar as saídas de ar para as laterais e para o teto do carro e não para os passageiros. Como o ar frio desce e o quente sobre, a troca de calor vai tornar a temperatura do carro homogênea e não será tão agressivo para os naries e gargantas dos presentes.

Por falar nisso, a vontade de deixar a cisrculação interna ligada é grande. Ela fecha a entrada de ar externo e trabalhar apenas com o ar da cabine. Mesmo sendo uma boa para manter o carro mais frio e gastar menos combustível, é importante que de vez em quando a admissão externa seja aberta. Isso renova o ar, que tende a ficar muito seco e provocar crises alérgicas em passageiros.

De olho nisso, faça bom proveito do ar-condicionado e, principalmente, do verão.

Recall global da Volks atinge Amarok e Tiguan no Brasil

segunda-feira, 25 de novembro de 2013

25-11-2013-1

Acostumem-se ao “efeito colateral” da era do carro global. Um recall por conta de uma peça fabricada do outro lado do mundo pode atingir veículos comercializados aqui (e vice-versa).

Dessa vez foram os luxuosos utilitários da Volkswagen: Tiguan e Amarok. Pra ser preciso, 54.703 Amaroks e 7.291 Tiguans, dando um total de 62.624 veículos.

O reparo do Tiguan envolve substituição de um fusível da central elétrica, que pode ter falha de revestimento e levar ao desligamentos de lanternas e faróis. O reparo pode ser feito em 20 minutos, de acordo com a marca, e abrange unidades dos anos/modelos 2009, 2010 e 2011.

Já para a picape Amarok, a verificação e reparo são mais delicados e envolvem tubulações de combustível mal isoladas e/ou fixadas, que podem ter rachaduras e provocar vazamentos e até incêndio do veículo. O tempo de serviço é de cerca de uma hora, também de acordo com a marca e envolve modelos de 2011, 2012 e 2013.

Agendamento e informações devem ser feitas pelo telefone 0800 019 5775.