Vagas grátis dão lugar a Zona Azul em Moema

Se você transita por Moema, bairro de São Paulo, já deve ter notado uma maior dificuldade para estacionar seu carro de forma gratuita. Isto acontece em decorrência de uma medida da prefeitura que transformou 3.850 vagas dezonaazulfiscal estacionamento “grátis” em 1.072 vagas de Zona Azul.

Segundo a prefeitura, esta mudança surge para desafogar o trânsito nos corredores das avenidas Ibirapuera, República do Líbano/ Indianópolis e Bandeirantes, aumentando a capacidade de tráfego nas alamedas dos Maracatins, Nhambiquaras e Arapanés e nas avenidas Juriti, Moema, dos Imarés e dos Eucaliptos.

Além das 1.072 vagas de zona azul “normais”, serão criadas 32 vagas de zona azul para deficientes, 67 para idosos e 9 para carga e descarga de caminhões.

Fonte: Folha de São Paulo

Tags: , , , , , , ,

3 comentários para “Vagas grátis dão lugar a Zona Azul em Moema”

  1. Ruan disse:

    Já pagamos altos impostos com IPTU e IPVA, todos os anos há aumento nas contas de agua luz e gás, agoar a prefeitura não nos dá nem o direito de deixar nossos carros nas ruas !!! e se pagamos zona azul e nossos carros são riscados ou roubados a prefeitura vai pagar ? afinal estamos pagando a zona azul.
    sem contar o detalhe de que mesmo com as 3800 vagas disponiveis nas ruas já os estacionamentos da região já não comportavam a quantidade de carros e operavam em lista de espera para mensalistas.

    Isso é um abuso tanto para os que trabalham quanto para os que moram em Moema !

  2. charles rutman disse:

    O que voces usuarios não estão entendendo é que a Associação dos vendedores de talão da zona Azul ( aqueles que ficam vendendo o talão por R$ 4,50 ou R$ 5,00 a folha) reclamaram e exigiram da prefeitura ” O enquadramento do bairro Moema, pois desta forma, as 1072 vagas de zona azul, representam mais ou menos 100 novos flanelinhas na região, estorquindo os usuarios!.

  3. simone disse:

    eu moro em moema e posso afirmar que melhorou muito com a zona azul, pois antes nao conseguia estacionar para coisas cotidianas, como um almoço, um cafe, ir na lavanderia, padaria ou sapateiro. isso ocorria porque as pessoas privatizavam as vagas, normalmente era um funcionario ou o dono do estabelecimento comercial ou o morador que nao tinha vaga suficiente em seu predio.
    isto e a privatizacao da vaga publica, elas sao publicas, pois e para a pessoa usar por um tempo e pronto.
    quem precisa ficar o dia todo ou a noite toda, tem que fazer como em todo o pais civilizado: tem que ter vaga alugada por mes. o que eu faço no meu trabalho.

Deixe um comentário

Você precisa fazer o login para publicar um comentário.