Blitz da Lei Seca agora em todos os dias da semana

“Hoje é segunda, não tem risco de blitz”, quantas vezes você já não escutou esta frase? Pois agora não importa lisecablotzmais se é segunda, terça, sábado ou domingo. A Polícia Militar de São Paulo (PM) anunciou que agora a blitz da Lei Seca será realizada todos os dias da semana.

Até o mês passado a fiscalização era realizada apenas de quinta a domingo. Segundo a PM a decisão de realizar fiscalizações extras é para ficar de olho naqueles que gostam de aproveitar a calmaria da semana para pegar uma baladinha com os amigos ou namorada.

O aumento de operações foi possível graças ao reforço no número de policiais: de 834 para 1.558. Em média são usados 16 PM’s em cada blitz. O comando da PM informa ainda que a fiscalização não será realizada apenas de noite (ou madrugada), podendo também acontecer no período da tarde.

Fonte: G1

Tags: , , , , , ,

2 comentários para “Blitz da Lei Seca agora em todos os dias da semana”

  1. Ednilson A C Santos disse:

    Prezados,

    Quero deixar aqui minha singela opinião sobre “lei seca” e correlatos: há muito penso serem ineficazes as medidas para que evitemos o aumento da violência no trânsito. Essa nova lei, a tal “seca”, deixa bem claro que não será hoje que veremos os índices baixarem, as velocidades diminuirem, as crianças poderem sair de casa com bem mais segurança.
    A pergunta correta que devemos fazer quanto ao que pode ser feito é: como punir?
    Só acredito no que prefiro chamar de “punição do resultado”. O que é isso? Simples: a depender do resultado havido, uma punição, proporcional, será aplicada. Independentemente do estado do motorista - se sóbrio ou não.
    A diferença está em que, se embriagado ou drogado, os reflexos diminuem, podendo haver mais acidentes (e como realmente hoje há), mas a punição estará lá para ele (o provocador do acidente, lembrando que nem sempre é o motorista). Em suma: provocou um acidente? Punição proporcional ao resultado! Se leve, pena leve! Se gravíssimo, pena considerável!
    É a única maneira!
    Bem… poderia ficar aqui divagando e escrever um livro sobre o assunto, abordando termos plenamente técnicos e estudos mais profundos para poder justificar meu pensamente, mas não penso ser momento, tampouco lugar!
    Saudações a todos!

    Ednilson.

  2. Prezados Srs. Deixo aqui, apenas um parecer pessoal.
    Visto ao que anda acontecendo todos os dias, fico pensando, que existem Ciretrans para aprendizado de todas as categorias de Cartas de Habilitações e seus deveres. Mas, por outro lado
    terminado o curso, fica a criterio de cada um o que vai se fazer por aí:
    Bebendo, correndo altas velocidades, agindo estupidamente ao volante, pressas para entrega dos serviços, sonos atrasados, desrespeitos no transito, pressionando atrás dos carros para sair da frente, enfim uma infinidades de absurdos. E a Lei, onde ela está? Falta concursos para dar
    bastante vagas para novos policiais de transito,pois este País é um País de impunidades e enquanto não tiver duras puniçoes e comandos policiais, todos farão o que bem quiser… Espero por Leis rígidas! E que “DEUS” proteja à todos. E que todos os dias, sejam um Bom Dia!

Deixe um comentário

Você precisa fazer o login para publicar um comentário.