Latin NCap realiza crash-test em carros comercializados no Brasil, mas resultados não são animadores

13-11-2012-1

A Latin NCap é uma subsidiária latina de uma conceituada organização europeia que realiza teste independentes de segurança, a Global NCap. Nesta terça-feira (13), eles divulgaram os resultados dos testes de carros vendidos na América do Sul.

Foram testados Toyota Etios (versão hacth), Honda City, Ford New Fiesta (versão hatch), Renault Sandero, JAC J3, Renault Fluence e Volkswagen Polo (versão hatch). Todos equipados com airbags frontais, menos o Renault Sandero.

A avaliação da Latin NCap atribui notas de 0 a 5 separadas em dois segmentos: adultos e crianças. Todos os carros foram submetidos a uma colisão frontal a 64 km/h contra um obstáculo deformável.

Mesmo com o Ford New Fiesta e o Honda City tendo nota 4 em ambos segmentos, o resultado geral não foi animador. Segundo o representando da Global NCap, David Ward, lamentou que os carros vendidos na América Latina não sejam tão seguros quantos os mesmos modelos à venda no mercado europeu: “mesmo quando têm os mesmos equipamentos, os resultados são diferentes. Não sabemos ao certo o motivo, que pode ser a qualidade do aço usado no Brasil ou o processo de produção, diferente do da Europa, por exemplo”.

O diretor de pesquisas da Latin NCap, Harke Smith, complementou: “Os níveis de segurança no Brasil são os mesmos encontrados na Europa há 20 anos. Temos muito a evoluir”.

Esperamos que o quadro melhore com a lei que obriga aribags em todos os veículos a partir de 2014, mas queremos maiores qualidades de todos os materiais a um preço justo, pois pagamos pelos carros mais caros do mundo. E não parece que estamos produzindo os melhores.

Confira abaixo os testes do Honda City e do Ford New Fiesta:

Tags: ,

Deixe um comentário

Você precisa fazer o login para publicar um comentário.