Mais uma geração do Golf no Salão de Genebra

08-03-2013-11

Não é de hoje que a Volkswagen padroniza o design de seus carros, interna e externamente. Olhando pelo retrovisor de seu carro, é muito difícil reconhecer se o carro de traz é um Jetta, um Gol, um Fox ou um Polo. Para a nova geração, o “carro modelo” da VW é o Golf sétima geração.

O Golf 7, distante do Brasil (ainda estamos na geração 4) foi nomeado o “carro mundial do ano” já na primeira semana de Salão por especialistas da área (além de ter sido o modelo mais vendido na Europa em 2012). E a família não para de crescer.

Foi apresentado o Golf Variant (no Brasil recebe o nome de Jetta Variant e no México de Bora Variant). Uma station wagon moderna que, obviamente, traz a frente do novo Golf.

O curioso é que o Jetta Variant virá, através de importação oficial, para o Brasil. Assim como as gerações anteriores, o público brasileiro terá contato com os traços do novo Golf não pela maneira óbvia (no próprio carro), mas através de um carro gerado a partir do Golf.

Entendeu? Vou explicar. Para o mercado brasileiro, o carro chefe da VW é o Jetta. Tanto que é sempre o primeiro a trazer a nova geração de automóveis da montadora. É comum ouvir na rua as pessoas se referirem aos veículos da alemã como “o Fox, mas aquele novo, com a frente do Jetta”. Acontece que o Jetta é um carro derivado do Golf! E o Golf, carro mais vendido da Europa, parou no tempo aqui pelo nosso país.

Então, a pesar da estranheza, não é novidade essa manobra da VW para o Brasil. Mas, sinceramente, o Golf sempre foi um dos queridinhos do público brasileiro, não dá pra entender porque ele não vem.

Tags: , , ,

Um comentário para “Mais uma geração do Golf no Salão de Genebra”

  1. Seguro disse:

    Nunca fui muito fã desse tipo de carro. Mas o espaço compensa.

Deixe um comentário

Você precisa fazer o login para publicar um comentário.