Mais uma vez: álcool + direção não dá!

05-08-2013-1

Segundo pesquisas, o número de acidentes fatais envolvendo álcool e direção subiu significativamente.

De acordo com dados provisórios fornecidos por órgãos especializados, os casos de acidentes com mortes nos quais os motoristas dirigiram após beber aumentou cerca de 25% em 2012 no mundo. A irresponsabilidade do motorista custou muitas vidas.

Muitos países mantêm campanhas permanentes de conscientização, inclusive o Brasil. Porém, as campanhas e até a “Lei Seca” são insuficientes por alguns motivos.

O primeiro é a aceitação social do consumo de álcool e da direção. A população ainda não acredita que o álcool é uma droga forte que altera as percepções de forma a diminuir os reflexos do motorista, mesmo em pequenas quantidades.

Outro traço da tal aceitação é que beber é socialmente bem visto (diferentemente de fumar hoje em dia, por exemplo). Por isso, acender um cigarro em lugar fechado é mais ofensivo para a visão da maioria das pessoas que beber e sair dirigindo de um bar.

Quanto a “Lei Seca”, a fiscalização ainda não é suficiente. Falta de contingente ou mesmo de vontade do governo não permite um “cerco mais fechado”.

Vai ser preciso conscientizar-se, cada um de nós, para mudanças realmente significativas.

Tags: ,

Deixe um comentário

Você precisa fazer o login para publicar um comentário.