Evite passar por lombadas e valetas na diagonal

13-08-2013-1

Essa é uma mania muito comum entre vários motoristas brasileiros. Ao avistar uma lombada alta ou uma valeta profunda, entra logo com o carro meio de lado, passando uma roda de cada vez. O que poucos sabem, porém, é que isso é prejudicial ao veículo.

O ideal é enfrentar as lombadas (ou quebra-molas) em baixa velocidade e de maneira perpendicular.

O hábito de passar por esses obstáculos na diagonal pode provocar torção da carroceria do veículo. Estas torções chegam a causar o rompimento de pontos de solda, gerando estalos e barulhos difíceis de serem diagnosticados. Acabamentos internos de plástico também são vitimas das torções e passam a fazer rangidos indesejáveis.

Hoje em dia, os carros têm sistemas de amortecimento muito eficientes e por isso “mascaram” pequenas torções e anomalias. Mas pra isso, suspensão, amortecedores, molas, terminais de direção e pivôs pagam a conta. Então é melhor deduzir a velocidade para estender a vida útil de todo esse sistema. Passar de lado, só em último caso mesmo.

Tags: , , , ,

Deixe um comentário

Você precisa fazer o login para publicar um comentário.