Gasolina brasileira começa bem 2014

Uma boa notícia passou despercebida no meio de tanta coisa. Desde o dia primeiro de janeiro, a gasolina distribuída no Brasil passou a ter menos enxofre.

Em 2014, a gasolina terá 50 ppm (partes por milhão) de enxofre. Essa mistura e chamada de S-50. Antes da nova medida, a gasolina nacional poderia contar, dentro da lei, com absurdos 800 ppm.

Ao longo dos anos, a Petrobras já tinha reduzido esse valor, mas legalmente, nada tinha sido feito até agora. A medida traz benefícios aos motores futuros, com tecnologias avançadas e os atuais. Nestes haverá redução de depósitos e contaminação do óleo, diminuição de poluentes, além de menor teor de aromáticos e olefínicos.

Por fim, a gasolina S-50 é menos sujeita a oxidação e impurezas, logo ela causa menos dano ao tanque, ao óleo e aos bicos injetores, pois não cria aquela “goma” de resíduos, muito comum nas gasolinas de menor qualidade.

Assim, o combustível fóssil se alinha às melhores especificações mundiais, embora alguns países já ofereçam a S-10. No Brasil, apenas a gasolina Podium, da Petrobras, tem essa especificação.

Tags: , , ,

Deixe um comentário

Você precisa fazer o login para publicar um comentário.