Seguro Obrigatório DPVAT

imgcar

Um dos assuntos que mais geram dúvidas aqui no blog é o Seguro Obrigatório DPVAT. O que fazer quando nos envolvemos em um acidente que gera despesas médicas, invalidez ou até mesmo a morte de alguém que somos dependentes? Você sabe que tem direito a receber o seguro obrigatório? Esclareceremos as principais dúvidas aqui.

O que é o DPVAT?
É um seguro obrigatório que indeniza vítimas de acidentes causados por veículos automotores de via terrestre.
Todas as pessoas, transportadas ou não, que forem vítimas de acidentes causados por veículos automotores de via terrestre ou por sua carga, estão cobertos pelo DPVAT.
As coberturas previstas no seguro são: morte, invalidez parcial ou total permanente e despesas de assistência médica e suplementares. As indenizações são pagas individualmente, não importando quantas vítimas estiverem envolvidas no mesmo acidente. O pagamento independe da apuração de culpabilidade.

Como solicitar o seguro obrigatório?
Existe hoje uma empresa que assessora gratuitamente as vítimas e beneficiários na obtenção das indenizações pertinentes a cada cobertura prevista no seguro.A Regdata Reguladora é credenciada junto a Seguradora Líder do Consórcio DPVAT e tem o objetivo de fazer a captação e regulação dos processos.
A assessoria prestada pela Regdata atende os segurados, vítimas e/ou beneficiários. Além disso, a empresa também atende todos que prestam serviços nesse campo, direta ou indiretamente: corretoras de seguros, operadoras de saúde, clínicas e hospitais, associações, sindicatos, cooperativas, empresas gerenciadoras de frotas, escritórios de advocacia e outros.
O melhor de se obter esse assessoramento é que a empresa dispõe de um sistema próprio e com excelente padrão de controle, gerando informações a cada passo do processo, e tanto os beneficiários quanto vítimas e parceiros podem acompanhar sua evolução via meio eletrônico ou correio, o que torna tudo mais ágil e transparente.

Para obterem mais informações entrem no site da Regdata. A Regdata Reguladora também disponibiliza o email (faleconosco@regdata.com.br ) e os telefones (21) 22156330/22404315 para contato.

Não deixem de conhecer seus direitos e aproveitem os serviços de uma empresa que contribui de forma socialmente relevante para o segmento.

Tags: , , , , , ,

71 comentários para “Seguro Obrigatório DPVAT”

  1. ja tem carteira normal preciso de alteraçaõ sou defisiente é preciso ser aprovado no detran ou so comferir se estar apto a dirigir com a nova situaçaõ obrigado.

  2. mariane disse:

    gostaria de saber se, nao tendo como comprovar os gastos..eu poderia apresentar o BO e a documentação do hospital como fiz cirurgia devido o acidente.. seria possivel receber o beneficio?

  3. minha neta perdeu a mae atropelada ela th um mes de vida tenho a guarda dela so quem pode retirar o dpvt ja depositado e minha neta quando ficar maior de idade obrigada

  4. francisco carlos fonseca disse:

    ola,tive um acidente na carroceria da carreta,perdi o quarto dedo da mao esquerda,fui atendido atraves do sus,gostaria de saber se tenho direito no seguro dpvat,pois fui imformad que os valores seriam para os medicos que me atenderam.obrigado

  5. binho disse:

    bom gostaria de saber se uma pesoa compra sua moto , e duas semana depois vema óbito ,mas deixa tudo certinho o seu seguro , mas nao morre de acidente de transito e sim uma doença pulmonar , essa pessoa tem direito em indenização? obrigdo

  6. Andreia disse:

    Ola!sofri um acidente de moto,em 2010 quando eu estava em um hospital publico precisava fazer um enxerto mas la não tinha como fazer sai de la fui para um hospital particular fiz o enxerto,no acidente perdi o calcanho,eu tenho o primeiro laudo do hospital publico e agora tenho o do cirurgiao,fui adelegacia e la me falaram que tinha que ter outro laudo de um ortopedista,fui falar com outro ortopedista ele me disse que os laudo estavao certo,eu nao sei mas oque fazer.

  7. luiz disse:

    tenho um sobrinho que se envolveu em um acidente de moto tendo a perna
    quebrada, mas no dia não foi feito o BO Policial, ele tem direito em receber
    o seguro dpvat, mesmo sem ter feito o BO

  8. RONNY MENDES disse:

    se o seguro da moto não estiver em dias não tenho direito ao seguro

  9. ricardo euller disse:

    Olá me tira uma dúvida sofri um acidente de moto e quebrei a cravicula, o valor que poderei receber sera apenas das despesas com remédios visto que fui atendido em hospital público.

  10. marta disse:

    Sofri um acidente de moto o carro veio de contra mao e me atropelou sendo que eu estava de moto fraturei a perna e meu braço eu fraturei em tres partes tenho direito a recorrer ao dpvat?
    mais nao sei mt sobre isso o acidente foi dentro da cidade o dpvat cobre tbm acidentes em cidades,o SAMU me socorreu e falaram q eu tenho direito no dpvat preciso saber pois minha moto deu perda total
    obrigada
    boa noite

  11. Mario de jesus disse:

    BOM DIA
    COMPREI UMA MOTO CB300 2013 COM UM DIA DEPOIS TIVE UM ACIDENTE E QUEBREI A PERNA ESQUERDA, AINDA NÃO EMPLAQUEI, PARA DAR ENTRADA NO SEGURO DEPVAT EU TENHO QUE EMPLAR PRIMEIRO PARA DAR ENTRADA? QUANTO EU TENHO DIREITO A RECEBER NO SEGURO? AINDA NÃO TEM HABILITAÇÃO TEM DIREITO A RECEBER O SEGURO DPVAT?

  12. silvio alano disse:

    se eu comprar uma cadeira de roda o dpvat e obrigador a cobrir

  13. ANDREA ALVES disse:

    EU FUI ATROPELADA Á TRES SEMANAS, EU TENHOO DIRETO DA DPVA?

  14. carlos disse:

    boa noite,no ultimo dia 20 de novembro sofri um acidente de moto vindo a me chocar com um carro,estou com algumas escoriações e minha esposa também, fomos atendidos somente pelo samu e levados ao hospital e tivemos que comprar alguns medicamentos,os quais estamos com os comprovantes eu gostaria de saber se podemos dar entrada no seguro dpvat e se, sera só o meu ou o dela também .agradeço pela atenção e aguardo retorno!

  15. hinndy disse:

    Joatan vc tem direito sim me liga q te informo ok 92107748

  16. Claudio disse:

    Ola
    Sofri um acidente de moto em dezembro/2013 felizmente no meu caso quebrei somente um dedo do pé fiz uma cirlurgia via convenio por tanto o valor descontado em folha ão passou dos 100,00 e gastei com medicamentos em torno de 150,00 , mas não guardei as notas, tenho o B.O. e fiz um laudo médico no IML que ainda não retirei, minha pergunta é neste caso tenho algo a receber/???

  17. Claudio disse:

    Ola
    Sofri um acidente de moto em dezembro/2013 felizmente no meu caso quebrei somente um dedo do pé fiz uma cirlurgia via convenio por tanto o valor descontado em folha ão passou dos 100,00 e gastei com medicamentos em torno de 150,00 , mas não guardei as notas, tenho o B.O. e fiz um laudo médico no IML que ainda não retirei, minha pergunta é neste caso tenho algo a receber?

  18. Roseli disse:

    quando saia de casa dirigindo meu carro fui empurrar o portão, a aliança de casamento grudou no portão, apavorado pisei no acelerador foi então que quase dilacerou meu dedo, agora o medico disse que vou ficar com sequela.
    quero saber se tenho direito DPVAT

  19. angela dantas disse:

    boa tarde, meu pai sofreu um acidente em dezembro de 2013, ele fraturou a bacia, perto do coccix, já está com 04 meses e até hj não colou o osso, recebi o seguro com o valor de 1687,50 q corresponde a 12,5% de 13,500.
    quero saber q pelo fato dele ter ficado manco de uma perna, esse valor não tinha que ser maior???
    se alguém puder me ajudar me dando uma resposta.

  20. Odalicio de Souza disse:

    GOSTARIA DE SABER SE EU TENHO COMO COMPROVAR AS DISPEZAS MEDÍCAS EM UM HOSPITAL PUBLíCO , ONDE EU PASSEI POR UMA CIRUGIA DEVIDO UM ACIDENTE AUTOMOTIVO..

  21. Geraldo R Gomes disse:

    Ola sofri um acidentente de moto ,mais nao sou o proprietario da moto, eo veiculo ainda nao tinha pago o seguro desse ano ,mais a moto estava lincenciada .e sofri uma fratura no femur e tiver que fazer cirurgia colocando platina e parafusos. So tenho o laudo do medico. Eo boletim de ocorrencia ,tenho direito ao dpvat

Deixe um comentário

Você precisa fazer o login para publicar um comentário.