Posts com a Tag ‘B.O.’

É necessário o Boletim de Ocorrência?

sexta-feira, 1 de outubro de 2010

Bater o carro é um transtorno, principalmente quando uma das partes não quer arcar com sua responsabilidade. Muitas vezes, quando ocorre uma batida sem muita gravidade, ou vítimas é possível entrar em um acordo entre os envolvidos. Mesmo assim, a recomendação é de que se faça um Boletim de Ocorrência.

A necessidade do boletim, se dá para que o acidente seja documentado, e havendo qualquer problema, seja possível entrar com uma ação no Tribunal de Pequenas Causas para possíveis indenizações ou reparos. Para tal, quando o valor ultrapassa os 20 salários mínimos é necessário um advogado, porém por um valor menor a esse o mesmo é opcional. É necessário levar RG, CPF e documentos que comprovem os danos, como fotos e o B.O.

O boletim de ocorrência também é necessário, caso seja pedido o ressarcimento à seguradora. Todas as empresas seguradoras exigem o mesmo e também fotos que comprovem o acidente.

Para que acidentes sejam evitados é recomendável estar com a manutenção do veículo em dia, e também que se preste muita atenção ao trânsito. Muitas vezes algumas distrações em uma fração de segundos podem acarretar um sério acidente. Muito pode ser evitado com o mínimo de atenção.

Carro batido, e agora?

quarta-feira, 5 de agosto de 2009

Bater o carro (ou baterem em você) é uma das coisas mais fáceis que têm. Basta um minutinho de desatenção e pronto. Mas depois da batida, o que fazer além de ligar para o seu corretor de seguro (se tiver um)? Deixar o carro ou retirar o carro? Abaixo vão algumas informações importantes que devem ser seguidas:

1-) Em acidentes sem vítima, nos quais os veículos envolvidos tenhamferrari_batida condições de ser removido, os motoristas devem retirá-los da pista. Deixar o veículo acidentado na pista é passível de multa.

2-) Não havendo vítima, desloque o veículo ou para o posto de trânsito mais próximo para fazer o boletim de ocorrência, ou desloque os veículos para a lateral da pista para que o guincho reboque.

3-) Em acidentes mais graves, com mortos e feridos, depois que as vítimas forem resgatadas, o veículo também pode ser retirado da via. Mas, nesse caso, tem que ficar no acostamento, próximo ao acidente, até a chegada da perícia.

Fonte: G1

Faça sempre um BO

sexta-feira, 7 de março de 2008

A gente espera que você nunca se envolva em um acidente de trânsito, mas caso isso aconteça, por menor que ele seja, faça sempre um BO (boletim de ocorrência).

Registrar a ocorrência é especialmente importante no caso do acidente ter vítimas, tais como em atropelamentos ou ocorrências envolvendo motoqueiros e ciclista.

O que tem acontecido é que muitas vezes a pessoa pára para verificar se a vítima está bem e ela diz que sim, que não foi nada. Então, o motorista entra no carro e vai embora.

Algumas horas depois do ocorrido a polícia entra em contato acusando o motorista de omissão de socorros (o famoso hit and run).

Isso ocorre quando os atropelados agem de má fé e dizem que está tudo bem (e muitas vezes realmente está), mas depois recorrem a testemunhas (falsas?!), tais como outros motoqueiros que estavam no local e a exames de corpo de delito com o intuito de processar o motorista alegando que perderão dias de trabalho, que terão que ficar no hospital, etc.

Ou seja, para evitar dores de cabeça desnecessárias, aguarde uma autoridade (polícia) no local (basta discar 190) ou registre o quanto antes um boletim de ocorrência, que pode ser feito ou na delegacia mais próxima da região da ocorrência ou na delegacia mais próxima de sua casa.

Mas antes de tudo: evite se envolver em acidentes :)