Posts com a Tag ‘cfc’

O que fazer quando se tem a CNH suspensa

sexta-feira, 27 de setembro de 2013

27-09-2013-1

Muitos motoristas ficam em dúvidas do que fazer ao ter a CNH suspensa. Par resolver tal impasse, são necessárias medidas simples, mas que requerem atenção.

A CNH é suspensa quando o motorista recebe mais de 20 pontos com multas e infrações ou ao cometer uma única infração gravíssima automaticamente suspensiva. Quando esse limite é atingido, o motorista é notificado pelo Dentran através de uma carta enviada a seu endereço cadastrado junto ao órgão.

Ao receber a notificação, o condutor tem um prazo de 30 dias para apresentar uma defesa pessoalmente no local em que sua CNH está cadastrada (Dentran ou Ciretran de seu município). Caso opte por não apresentar contra argumento ou tenha o recurso negado, o motorista deve entregar sua carteira no órgão expeditor.

O direito de dirigir é suspenso de um mês a um ano, dependendo da situação. Se for reincidente num período de 12 meses, a suspensão varia de seis meses a 2 anos.

Enquanto está suspenso, o condutor deve fazer um curso de reciclagem de cerca de 20 horas em algum CFC de sua cidade.Cumprida a penalidade, o motorista poderá ter a CNH de volta apresentando o certificado de conclusão desse curso.

Mudanças para tirar a Carteira de Habilitação

segunda-feira, 13 de outubro de 2008

A 1ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul negou na última quarta feira, recurso ao motorista que pediu liberação de sua Carteira Nacional de Habilitação. Motorista há mais de 30 anos, teve sua carteira suspensa por ter atingido 20 pontos em seu prontuário, fez o curso de reciclagem, porém foi reprovado oito vezes no exame teórico.

Sabemos que antigamente era mais fácil de tirar a CNH, não tinha tantos problemas no trânsito, mas os condutores mais antigos têm de se adaptar com novas regras e se adequarem conforme a mudança dos tempos para estarem aptos a dirigir.

Para educar melhor os condutores, a partir de 1º de janeiro de 2009, quem for tirar a Carteira Nacional de Habilitação terá mais horas de aulas. Segundo o Conselho Nacional de Trânsito as aulas práticas que hoje são 15 passaram para 20 aulas obrigatórias, e as teóricas passaram de 30 para 45 horas.

O aumento nas horas de aula foi necessário devido ao crescente índice de acidentes envolvendo veículos de duas rodas em todo o país. Nas aulas teóricas, além de toda a matéria que é passada normalmente, entrará temas relacionados a álcool e direção, cuidado dos condutores em relação aos motociclistas e vice versa. Já nas práticas, não ocorrerá mudanças, somente mais tempo para aprender a dirigir, assim ganhando mais prática e experiência.

O Aumento de aulas influenciará no valor, tendo um aumento de aproximadamente 20%, ou seja, hoje no país para se tirar carta de habilitação se paga entorno de R$ 500,00 e vai ficar em torno de R$ 600,00.

Não podemos ter condutores que não tenham um conhecimento das leis de trânsito e o respeito por elas!

Fonte: Folha