Posts com a Tag ‘componentes’

Suspensão e seus componentes

quarta-feira, 6 de maio de 2009

1-) Amortecedores

Função: Diferentemente do que muita gente pensa, o amortecedor não é responsável por absorver aquelas pancadas quando o carro cai num buraco. O amortecedor funciona como um freio, que pára as oscilações da mola, causadas pelas irregularidades do piso. Ou seja, mantém o contato permanente entre o pneu e o solo.

Problemas: Os amortecedores com durabilidade comprometida provocam o desgaste prematuro dos pneus, risco de aquaplanagem (perda de contato do pneu com o solo devido à lâmina de água que se forma na pista), balanço excessivo do carro, ruídos na suspensão e perda de estabilidade.

Troca: Não acredite na recomendação de troca aos 30 mil quilômetros, pois podem durar menos ou (muito) mais do que isso, dependendo da suspensaoutilização (peso, tipo de piso etc.). Um amortecedor somente deve ser trocado após um apurado e criterioso exame visual, no qual se verifique o estado de componentes como bucha, selo, haste etc., além de possíveis vazamentos.

2-) Molas helocoidais
Estão presentes na maioria dos conjuntos de suspensão dos carros de passeio.

Função: Garantir a sustentação do veículo e ajudar a absorver impactos.

Troca: O estado das molas deve ser verificado sempre que se fizer o alinhamento da direção/suspensão ou a cada cinco mil quilômetros. Se os elos estiverem marcados, significa fadiga na mola, interferindo no alinhamento da direção.

3-) Componentes
Existem vários componentes do sistema de suspensão que devem ser checados durante uma revisão:

Batente: Protege o amortecedor no final do curso, reduzindo o batimento da mola. Deve ser verificado ao fazer o alinhamento ou qualquer manutenção da suspensão. Se estiver danificado, vai comprometer a ação e a durabilidade do conjunto amortecedor/mola.

Pivô: Permite a articulação da roda e sustenta o peso do conjunto de suspensão. Verifique a cada cinco mil quilômetros ou em todo alinhamento.
Terminal de direção: Transmite o movimento da caixa de direção para as rodas. Verifique a cada cinco mil quilômetros em todo alinhamento.
Bucha da suspensão: Articula o braço inferior da suspensão, evitando folgas e ruídos. Verifique a cada cinco mil quilômetros ou em todo alinhamento.

Tirante da barra estabilizadora: Barra auxiliar que atua na torção da barra estabilizadora e em conjunto com o amortecedor. Verifique a cada cinco mil quilômetros ou em todo alinhamento.

Fonte: IG

Pane no carro

terça-feira, 2 de dezembro de 2008

Os carros de hoje em dia estão com componentes muito mais evoluídos, com isso a pane nos carros diminuiu. Mas ainda não existe um carro a prova de panes, segue algumas noções básicas para você não ficar na mão.

A correia dentada deve ser trocada a cada 40 mil quilômetros, pois ela pode se partir deixando um estrago grande, podendo chegar a uma retifica completa do motor. Se o carro parar abruptamente e você ficar na dúvida, o melhor é não tentar dá a partida. A troca da correia deve ser feita apenas em uma oficina especializada.

Se o motor está demorando a funcionar, e logo perde o rendimento, ou quando funciona logo falha ou “engasga” pode ser o seguinte:

- o combustível pode ser adulterado;
- o tanque de combustível pode estar com muita sujeira;
- os bicos injetores podem estar sujos ou entupidos;
- no caso de carro com carburador pode ser que ele esteja sujo;
- a bomba de combustível pode estar com defeito;
- o filtro de combustível pode estar entupido;
- o cabo de velas pode ter algum defeito, pode ser um rasgo visível ou mesmo estar partido internamente;
- as velas podem estar com a vida útil comprometida;

Se for apenas o combustível, basta esgotar o tanque e colocar um de boa qualidade, mas se for qualquer outra das possibilidades, leve em uma oficina, sabendo as possibilidades o dialogo com o mecânico fica mais fácil e não se corre risco de trocar peças sem necessidade.

Existe outros tipos de pane, mas o importante mesmo é na hora da pane, ficar calmo, encostar o carro em um lugar seguro, analisar o que possa ter acontecido, às vezes é um simples cabo solto, mas na dúvida não mexa em nada e chame socorro.

Fonte: G1