Posts com a Tag ‘contran’

Contran decreta o fim das Tachas (olho de gato ou tartarugas)

quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

tartaruga

Se já não bastassem os buracos intermináveis das ruas e estradas, os motoristas são obrigados a enfrentar diariamente lombadas e tachas - popularmente chamadas de olhos de gato ou tartarugas - que são quase tão prejudiciais ao veículo quanto às crateras que insistem em abrir no nosso caminho.

Mas agora já podemos ficar um pouco mais contentes, o Conselho Nacional de Trânsito (Contran) proibiu o uso tachas em sentido transversal em todas as vias do país. Mas se são tão ruins, porque foram instaladas? Na época, a instalação transversal dos equipamentos nas vias foi permitida como alternativa às lombadas. No entanto, constatou-se que a prática provoca danos aos veículos e ao asfalto.

A utilização das tachas e tachões em sentido longitudinal, para divisão de pistas ou sinalização de faixas, continua permitida. A resolução foi publicada no Diário Oficial da União desta quarta-feira (25) e modifica norma implantada em maio de 1998.

Fonte: Interpress Motor

Cuidado quando usar a buzina

sexta-feira, 23 de outubro de 2009

Levar uma fechada ou se irritar com aquela pessoa que vagarosamente utiliza as duas faixas da rua é motivo para soltarmos um belo “palavrão” e “sentar a mão” na buzina certo?

Mas na hora que fizer isto, cuidado. Esta atitude pode ocasionar uma multa. O Código de Trânsito Brasileiro (CTB) classifica que usar a buzina de forma exagerada e sem motivo é caso para infração.buzina1

O condutor de veículo só poderá fazer uso de buzina, desde que em toque breve, nas seguintes situações:

I - para fazer as advertências necessárias a fim de evitar acidentes;
II - fora das áreas urbanas, quando for conveniente advertir a um condutor que se tem o propósito de ultrapassá-lo.

No artigo 227 estão as circunstâncias passíveis de multa:

I - em situação que não a de simples toque breve como advertência ao pedestre ou a condutores de outros veículos;
II - prolongada e sucessivamente a qualquer pretexto;
III - entre as vinte e duas e as seis horas;
IV - em locais e horários proibidos pela sinalização;
V - em desacordo com os padrões e freqüências estabelecidas pelo CONTRAN;

Eu sei que é difícil, mas cuidado!

Fonte: G1

Categorias dos veículos com ABS

sexta-feira, 10 de abril de 2009

No post passado a resolução do Contran falava em categorias “M1, M2, M3, N1, N2, N3 e O”. O que elas significam? É o que explicaremos abaixo.

Categorias:

M - Veículo automotor que contém pelo menos quatro rodas, projetado e construído para o transporte de passageiros.

M1 - Veículos projetados e construídos para o transporte de passageiros, que não tenham mais que oito assentos, além do assento do motorista.

M2 - Veículos projetados e construídos para o transporte de passageiros que tenham mais que oito assentos, além do assento do motorista, e que contenham uma massa não superior a 5 t.

M3 - Veículos projetados e construídos para o transporte de passageiros, que tenham mais que oito assentos, além do assento do motorista, e tenham uma massa máxima superior a 5 t.

N- Veículo automotor que contém pelo menos quatro rodas, projetado e construído para o transporte de cargas.

N1 - Veículos projetados e construídos para o transporte de cargas e que contenham uma massa máxima não superior a 3,5 t.

N2 - Veículos projetados e construídos para o transporte de cargas e que contenham uma massa máxima superior a 3,5 t e não superior a 12 t.

N3 - Veículos projetados e construídos para o transporte de cargas e que contenham uma massa máxima superior a 12 t.

O - Reboques (incluindo semi-reboques).

Resolução do Contran: ABS

quinta-feira, 9 de abril de 2009

Conforme prometido, hoje falaremos da resolução do Contran para o ABS.De acordo com a Resolução 312 do Contran, passa a ser obrigatória a utilização do sistema de antitravamento de rodas, conhecido com ABS.

O dispositivo será obrigatório para os veículos novos, nacionais e importados, das categorias M1, M2, M3, N1, N2, N3 e O.

O sistema ABS é composto por uma unidade de comando eletrônica, sensores de velocidade das rodas e unidade hidráulica. O sistema tem a finalidade de evitar o travamento das rodas durante o processo de frenagem.Abs

De acordo com o cronograma definido pelo Contran, a partir de janeiro de 2010 oito por cento da frota de automóveis produzidos e importados já deverá sair de fábrica com o sistema.

A implantação será concluída em 2014, quando 100% da frota sairá de fábrica com o sistema ABS. No entanto, os fabricantes podem antecipar a implantação.

Confira o cronograma:

Veículos das categorias M1 e N1

Data de Implantação - Percentual Da Produção

01 de janeiro de 2010 - 8%

01 de janeiro de 2011 - 15%

01 de janeiro de 2012 - 30%

01 de janeiro de 2013 - 60%

01 de janeiro de 2014 - 100%

Veículos das categorias M2, M3, N2, N3 e O:

Data de Implantação - Percentual Da Produção

01 de janeiro de 2013 - 40%

01 de janeiro de 2014 - 100%

Fonte: Denatran

Resolução do Contran: Air Bag

quarta-feira, 8 de abril de 2009

O Conselho Nacional de Trânsito (Contran) aprovou a regulamentação do Air Bag e a obrigatoriedade do freio ABS.O Contran estudou por quase um ano a necessidade de tornar os dispositivos de segurança obrigatórios.

Em março deste ano foi sancionada a Lei 11.910, que torna obrigatório o dispositivo de retenção denominado Air Bag. airbag

Segundo a Lei, o Contran deveria regulamentar os aspectos técnicos e o cronograma de implantação.

 O Conselho concluiu os estudos de ambos os dispositivos e publicou nesta terça-feira (07/04/09) as resoluções 311 e 312.

De acordo com a resolução 311, o Air Bag será obrigatório na posição frontal para o condutor e para o passageiro do assento dianteiro, nos veículos de transporte de passageiros com até nove lugares (incluindo o motorista) e para veículos de transporte de cargas que tenham uma massa máxima não superior a 3,5 toneladas.

A implantação será gradativa e deverá ser iniciada em 1° de janeiro de 2010. Sendo que a partir de 2014 toda a frota de automóveis já sairá de fábrica com o equipamento.

Novos projetos de automóveis e veículos deles derivados, nacionais ou importados:

Data de Implantação - Percentual de Produção

01 de janeiro de 2011 - 10%

01 de janeiro de 2012- 30%

01 de janeiro de 2013 - 100%

Automóveis e veículos deles derivados em produção, nacionais ou importados:

Data de Implantação - Percentual de Produção

01 de janeiro de 2010 - 8%

01 de janeiro de 2011 - 15%

01 de janeiro de 2012 - 30%

01 de janeiro de 2013 - 60%

01 de janeiro de 2014 - 100%

No post de amanhã o ABS.

Fonte: Denatran