Posts com a Tag ‘filtro de ar esprtivo’

Filtro de ar esportivo faz diferença?

quinta-feira, 24 de outubro de 2013

24-10-2013-1

Há mais de uma década, modificar e customizar carros virou febre. De películas escuras nos vidros a turbina e motores preparados, muitos veículos em circulação tem algo de “não original”.

No meio de todas as possibilidades de troca e personalização, o filtro de ar ganha espaço. Ele tem um papel simples e óbvio: filtrar o ar que entra no motor e garantir uma boa mistura de ar/combustivel ideal.

Na grande maioria dos carros, o filtro é convencional feito de camadas de papel. Mas existe a alternativa de filtros esportivos, feitos de algodão.

Vamos a algumas diferenças. O filtro convencional deve ser trocado a cada 10 mil km. O esportivo não é trocado muito, mas a cada 10 mil km deve ser lavado.

Quando se coloca um filtro esportivo (ele pode ser inbox, como o convencional, ou cônico e ficar exposto – como o da foto), o “ronco” do motor aumenta, torna-se mais grave. Aí é questão de gosto: alguns adoram esse barulho mais “nervoso”, outros se incomodam.

O fato é que o filtro esportivo permite que o motos receba mais ar e mais limpo. Então temos duas reações no tocante desempenho.

Depende do carro, há um ajuste eletrônico de quanto de mistura ar/combustivel o motor usará para seu bom funcionamento. Ao alterar essa mistura, com mais ar, o resultado pode ser um “bug” nesse ajuste e, para não perder potência ou algum efeito colateral, ele deve ser reprogramado.

Em outros casos, a reprogramação é automátiva, porque o sistema é passivo. Nessas condições, o filtro esportivo garantirá de 2 a 3 cv a mais de potência (isso é imperceptível ao motorista) – consequentemente, mais consumo também. Emc asos de carros com motores modificados e preparados, toda essa relação mudará.

Se você se interessa por essa peça, consulte seu mecânico de confiança e ele te indicará algo de qualidade, lembrando que a função de filtrar o ar jamais pode ser comprometida.