Posts com a Tag ‘gasolina’

Entenda porque o Etanol está tão caro

sexta-feira, 15 de janeiro de 2010

Se você utiliza um carro movido a Etanol (álcool) já deve ter percebido - e sentido no bolso - o grande aumento de preço que este combustível tem sofrido no Brasil. O que era antes uma certeza de vantagem na hora de abastecer, agora merece atenção e alguns cálculos: Para valer a pena usar o Etanol, o litro do álcool tem que custar até 70% do preço da gasolina.

Segundo a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), esta alta deve-se as fortes chuvas, a alta do consumo de açúcar na Índia e a venda recorde de veículos. etanol

Desde julho de 2009 o etanol registra seis meses de altas consecutivas. O valor do litro atingiu a média de R$ 1,775 na última semana.

De acordo com a União da Indústria de Cana-de-açúcar (Unica), o principal motivo são as chuvas que, além de prejudicarem as colheitas, irrigam excessivamente o solo: o excesso de água diminui a concentração de sacarose nos pés, reduzindo a produtividade. Ou seja, falta a matéria prima para a produção do álcool combustível.

Esperamos que o governo tome urgentes e severas medidas para baratear o custo do Etanol, se não vai novamente “por água a baixo” (literalmente) o planejamento do Brasil em fazer de que, em alguns anos, nos tornemos exemplos e uma potência na fabricação e utilização deste combustível.

Fonte: G1

Economize combustível

sexta-feira, 16 de outubro de 2009

bombacombust

Dirigir de uma forma “sustentável” é bom para o meio-ambiente e para o bolso, especialistas garantem que é possível diminuir o consumo de combustível em até 20% mudando apenas a maneira de dirigir o carro. Saiba como:

1-) A escolha do carro

O primeiro passo é escolher o carro adequado para o perfil do motorista, se você anda apenas na cidade, não tem porque escolher uma caminhote off-road para andar no asfalto. Também pensando na cidade, em São Paulo você dificilmente consegue alcançar grandes velocidades, prefira carros menos potentes e mais econômicos.

2-) Tenha o carro sempre em ordem

O estado e manutenção de alguns componentes do carro também têm interferência direta no consumo de combustível. O primeiro item que merece atenção é a calibragem dos pneus. Quanto mais próximo os pneus estiverem da calibragem estipulada pelo fabricante, menor será a resistência ao rolamento e o esforço do motor para empurrar o carro que passa a trabalhar em rotações mais baixas e diminui o gasto de combustível.

3-) Dirigindo

No trânsito, para ganhar velocidade, o motorista deve utilizar o câmbio, ao invés de pisar fundo no acelerador. O motorista deve fazer as trocas de marchas quando a rotação chegar aos 2.500 rpm, sem pisar mais no acelerador para fazer a mudança. Quanto maior a pisada no acelerador, maior a queima desnecessária.

 

Ande em uma velocidade compatível com o trânsito, acompanhar o ritmo do trânsito permite que o motorista aviste um sinal fechado à sua frente. Com isso, ele pode diminuir a velocidade gradativamente a tempo que o farol abra e não precise parar o carro completamente.

Fonte: G1

Pesquise antes de abastecer com álcool

sexta-feira, 9 de outubro de 2009

Abastecer com álcool é mais barato que com gasolina. Mas não adianta apenas pensar nesta economia, é preciso pesquisar também o preço do álcool para não sair prejudicado.

Segundo pesquisa realizada pela ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis), o motorista pode encontrar uma variação de até 70% no preço de um litro de álcool vendido na capital paulista.alcool

O estudo é feito semanalmente, tomando por base 25% dos postos da cidade de São Paulo. A pesquisa divulgada nesta segunda-feira é referente a coletas realizadas entre os dias 27 de setembro e 3 de outubro em todas as regiões da capital paulista. O menor preço encontrado foi R$ 1,17 em um posto da Zona Oeste de São Paulo. O álcool mais caro era comercializado a R$ 1,99 em outro estabelecimento da mesma região.

O preço médio encontrado pela ANP na capital paulista foi de R$ 1,39.

A pesquisa inteira, bem como o preço em cada região da capital paulista, pode ser encontrada no site: http://www.anp.gov.br/preco/prc/Resumo_Semanal_Index.asp

Fonte: G1

Ranking dos mais poluentes

quinta-feira, 24 de setembro de 2009

O Ministério do Meio Ambiente divulgou um ranking dos automóveis mais poluentes comercializados no país. E qual não foi a surpresa ao olhar a lista e perceber que os carros a álcool ocupam oito das 15 piores posições.

Foram feitas 250 avaliações de veículos leves produzidos em 2008, os automóveis “flex”, que representam 85% da frota comercializada no país em 2008, tiveram duas avaliações diferentes, uma para gasolina e outra para álcool.

Foram dadas notas de um (piores) a dez (melhores) para a emissão de três gases poluidores –monóxido de carbono, hidrocarbonetos e óxidos de nitrogênio (que mesmo não prejudicando o meio ambiente afetam a saúde).

Confira o Ranking:

ranking

Fonte: Folha de São Paulo

Dica para carros Flex

segunda-feira, 11 de maio de 2009

Uma dica importante para quem tem carro Flex:

Lembre-se semprreservatorioe quando for abastecer o carro de verificar o reservatório de gasolina no compartimento do motor do veículo.

Não é raro o motorista apenas completar o tanque de combustível e esquecer de verificar este importante componente que propicia a partida a frio do motor flex.