Posts com a Tag ‘pedágio’

Está sem dinheiro para o pedágio! E agora?

sexta-feira, 30 de novembro de 2012

dir1

Pegou a estrada, colocou tudo no carro, malas, água… Mas deixou a carteira pra trás e só percebeu no pedágio? E agora? Respire fundo e veja como agir.

Antes de tudo, avise a pessoa da cabine. Ela entrará em contato com a concessionária que enviará um boleto para pagar posteriormente. Cada concessionária age de sua forma.

Parece simples não? Na verdade, é simples. Porém essa simplicidade leva no mínimo uma hora em dias não movimentados… A Ecopistas, responsável pelas rodovias Ayrton Senna e Carvalho Pinto, por exemplo, liberam o prosseguimento da viagem após o preenchimento de um formulário e consultar o CPF do condutor. O prazo para pagar o pedágio posteriormente é no máximo de 72 horas e não pagar é passível de protesto (juros e multas)

No entanto, sob nenhuma circunstância, tente fugir ou continuar a viagem antes do fim do procedimento todo, por mais demorado que seja. Caso contrário, será aberto um evento de Evasão de Pedágio e encaminhado para o Departamento de Estradas e Rodagem, o que resultará uma bela multa e muita dor de cabeça.

Parece simples, mas vai roubar muito de seu tempo e paciência, portanto, evite esquecimentos como esse. Lembre-se que todo trecho pedagiado é sinalizado anteriormente, portanto caso tenha esquecido o dinheiro, retorne e pegue. Acredite: é mais rápido.

Pedágios ficarão mais caros em São Paulo

quarta-feira, 30 de junho de 2010

Prepare-se pois as férias de julho prometem ser mais caras para quem for pegar as estradas de São Paulopedagiocaro.A partir desta quinta (1/07) todas as praças sofrerão ajustes que variam entre 4,17% e 5,21%. O valor mais alto a se pagar será nas rodovias Anchieta e Imigrantes que terá o preço do pedágio aumentado para R$ 18,50 - atualmente o motorista que vai para o litoral paga R$ 17,80.

Além de mais cara a viagem promete ser mais demorada. Muitos dos novos “preços” virão com quebras de R$ 0,05 (como por exemplo o trecho oeste do Rodoanel Mario Covas que subirá de 1,30 para R$ 1,35), o que dificulta o troco causando maior lentidão.

Fonte: Icarros

Trecho Sul do Rodoanel

sexta-feira, 2 de abril de 2010

rodoanel

Desde às 6h desta quinta feira (01/04) o motorista de São Paulo ganhou mais uma opção para fugir do trânsito de São Paulo. Não é piada de primeiro de abril atrasada e sim a inauguração do Trecho Sul do Rodoanel.

Com 57 km de extensão e custo total previsto de R$ 5,03 bilhões, ele liga Mauá, no ABC, à Rodovia Régis Bittencourt e ao Trecho Oeste do anel viário, em Embu, na Grande São Paulo.

O trecho do anel viário deve desafogar principalmente o trânsito na Marginal Pinheiros e na Avenida dos Bandeirantes pois a parte sul será uma ligação direta entre as rodovias Anchieta, Imigrantes e Régis Bittencourt, evitando que os caminhões que desejam chegar até o Porto de Santos tenham que passar por dentro da cidade.

Haverá praça de pedágio na interligação com o trecho oeste, na saída da rodovia Régis Bittencourt, nas quatro saídas para a Anchieta e a Imigrantes e no fim da alça sul.

Fonte: G1/R7

Pedágio a vista

quarta-feira, 18 de novembro de 2009

Desde terça (17/11) o interior de São Paulo foi “premiado” com nove novas praças de pedágio. Elas estão localizadas na região de Bauru, Sorocaba e Campinas e já causam transtorno à população.

A principal reclamação tem sido em relação aos altos valores (média de R$ 4,50) que ainda não foram revertidos em pedagiomelhorias para a conservação das estradas.

O pedágio em Monte Mor, na região de Campinas, está bem no meio do caminho dos agricultores. Outro ponto que também recebe um novo pedágio fica na Rodovia do Açúcar, na cidade de Rio das Pedras. Na região de Bauru, a Rodovia Marechal Rondon ganhou cinco praças de pedágios. Eles estão localizados na cidade de Conchas, Anhembi, Botucatu, Areiópolis e Agudos e a cobrança será feita nos dois sentidos.

Na região de Campinas os valores variam de R$ 3,10 a R$ 4 e as motos também pagam a metade do valor dos carros.

Fonte: G1

Dutra: Aumento de pedágio

sexta-feira, 31 de julho de 2009

Novamente informamos sobre um aumento no preço do pedágio, desta vez a rodovia é a Presidente Dutra (que liga São Paulo e Rio de Janeiro). A tarifa mais cara para carros de passeio passará de R$ 8,50 para R$ 8,80.

Confira como ficam as Praças:

Praças de pedágio bidirecionais de Moreira César (km 88 - SP), Itatiaia (km 318 - RJ) e Viúva Graça (km 207 - RJ)

Automóvel, caminhonete e furgão 2 eixos: R$ 8,80
Caminhão leve, ônibus, caminhão-trator e furgão 2 eixos: R$ 17,60
Automóvel com semi-reboque e caminhonete com semi-reboque 3 eixos: R$ 13,20
Caminhão, caminhão-trator, caminhão-trator c/semi-reboque e ônibus 3 eixos: R$ 26,40
Automóvel com reboque e caminhonete com reboque 4 eixos: R$ 17,60
Caminhão com reboque e caminhão-trator com semi-reboque 4 eixos: R$ 35,20
Caminhão com reboque e caminhão-trator com semi-reboque 5 eixos: R$ 44,00
Caminhão com reboque e caminhão-trator com semi-reboque 6 eixos: R$ 52,80
Motocicletas, motonetas e bicicletas à motor 2 eixos: R$ 4,40pedagio123

Praças de pedágio unidirecionais de Parateí Norte (km 204,5 - SP) e Parateí Sul (km 180 - SP)

Automóvel, caminhonete e furgão 2 eixos: R$ 4,30
Caminhão leve, ônibus, caminhão-trator e furgão 2 eixos: R$ 8,60
Automóvel com semi-reboque e caminhonete com semi-reboque 3 eixos: R$ 6,40
Caminhão, caminhão-trator, caminhão-trator c/semi-reboque e ônibus 3 eixos: R$ 12,90
Automóvel com reboque e caminhonete com reboque 4 eixos: R$ 8,60
Caminhão com reboque e caminhão-trator com semi-reboque 4 eixos: R$ 17,20
Caminhão com reboque e caminhão-trator com semi-reboque 5 eixos: R$ 21,50
Caminhão com reboque e caminhão-trator com semi-reboque 6 eixos: R$ 25,80
Motocicletas, motonetas e bicicletas à motor 2 eixos: R$ 2,15

Praça de pedágio bidirecional de Jacareí (km 165 - SP)

Automóvel, caminhonete e furgão 2 eixos: R$ 3,90
Caminhão leve, ônibus, caminhão-trator e furgão 2 eixos: R$ 7,80
Automóvel com semi-reboque e caminhonete com semi-reboque 3 eixos: R$ 5,80
Caminhão, caminhão-trator, caminhão-trator c/semi-reboque e ônibus 3 eixos: R$ 11,70
Automóvel com reboque e caminhonete com reboque 4 eixos: R$ 7,80
Caminhão com reboque e caminhão-trator com semi-reboque 4 eixos: R$ 15,60
Caminhão com reboque e caminhão-trator com semi-reboque 5 eixos: R$ 19,50
Caminhão com reboque e caminhão-trator com semi-reboque 6 eixos: R$ 23,40
Motocicletas, motonetas e bicicletas à motor 2 eixos: R$ 1,90

Fonte: Folha de São Paulo