Posts com a Tag ‘tecnologia’

Muito mais que um simples “alô”

quarta-feira, 24 de abril de 2013

24-04-2013-1

Quando surgiu a tecnologia bluetooth para uso domésticos, uma revolução começou no mercado automotivo. Poder atender e, posteriormente, fazer chamadas de celular sem tirar as mãos do volante, em conectividade com o rádio foi uma novidade e tanto. Mas engana-se redondamente quem acha que a conectividade parou por aí.

Se hoje os celulares são verdadeiros computadores compactos capazes de fazer coisas inimagináveis, era de se esperar que a indústria automotiva trouxesse novidades para acompanhar a possibilidade dos aparelhos. Ainda mais com a preocupação cada vez mais crescente com o conforto.

Segundo a empresa de consultoria de tecnologia ABI Research, de Nova York (EUA), dentro de quatro anos um simples “alô” a bordo terá se tornado conexão com a internet para navegar por satélite (GPS) ou trafegar dados. Isso em 60% de toda frota mundial.

Pode parecer exagero esse número, mas a tendência é essa mesma, a conexão “carro + celular + internet” está cada vez mais simbiótica. Se você tem alguma dúvida, saiba que a Volvo já equipa seu V40 com o “Volvo OnCall”, um serviço que chama socorro automaticamente pelo celular do motorista em caso de acidente, mesmo com o motorista desacordado.

A BMW já oferece desde 2010 o “Teleservices” (anualmente ampliado e melhorado), um serviço de conexão de manutenção programada ou corretiva via interação pela internet entre automóvel, fábrica e concessionária.

Funciona assim: o veículo apresenta manutenção em atraso, item com desgaste ou problema iminente. Rede interna detecta as falhas e automaticamente cria chamada de reparo, por meio da conexão Bluetooth e internet, de qualquer celular a bordo. A chamada chega à BMW, na Alemanha, que componentes necessários e avisa a concessionária do país do cliente. Esta, por sua vez, separa as peças aplicáveis ao carro e entra em contato com o cliente por telefone ou SMS, enviando o orçamento do serviço. Se o cliente aceitar o orçamento, basta agendar dia e hora para manutenção na própria ligação ou por outro SMS.

Claro que esse serviço é previamente acertado com o proprietário na hora da compra, que pode muito bem recusar, afinal essas chamadas tem um custo (menor que de uma ligação normal de celular). A BMW garante que em breve esse serviço terá um chip próprio e vai funcionar mesmo sem um celular a bordo.

O fato é que o simples “atender sem as mãos” evoluiu para serviços cada vez mais completos e ter uma internet no automóvel pode, em médio prazo, mudar todo o modelo de negócio e de pós-venda oferecida pelas concessionárias.

Ford Edge 2011

segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

A Ford iniciou na Quarta feira (8), a comercialização do Edge versão 2011. O modelo que foi lançado em 2006, passou por uma grande reformulação, marcando então a metade do ciclo da geração.

O carro sofreu mudanças no design dianteiro, que aproximou o veículo do design Kinetic, o mesmo de Fiesta e Focus. Essa mudança deixou o carro ainda mais imponente, devido a grade dianteira alongada em direção ao para choque, e os faróis que foram ligeiramente afinados.

A empresa fez grandes investimentos na tecnologia presente no carro, com o sistema MyFord Touch, presente na versão Limited, controla sistema de tração, monitoramento de pontos cegos, computador de bordo, abertura de porta malas, ar condicionado, interação com celular e sistema de voz. Tudo isso pode ser operado por uma tela sensível ao toque, botões no volante ou comando de voz.

A questão da mecânica, traz uma novidade. A adoção do comando variável de abertura de válvulas, o que rendeu mais 20 cv no motor 3,5l V6, chegando a 289 cv. A transmissão continua automática de seis marchas, com tração integral.

Os preços são de R$ 122.100 para a SEL e R$ 133.910 para a Limited.

Painéis reconfiguráveis devem chegar ao Brasil

sexta-feira, 16 de julho de 2010

Já pensou em poder deixar o painel do seu carro com a sua cara, mudando a cor de fundo e até mesmo escolher as informações que achar mais importantes? Pois esta inovação pode estar mais perto de chegar ao país do que se painelcdimagina.

Segundo especialistas, em 3 anos os veículos que rodam no Brasil devem ganhar esta opção. Atualmente esta tecnologia já está disponível em modelos mais luxuosos e carros-conceito de algumas marcas, como BMW Ford e General Motors.

O funcionamento é simples. Troca-se o painel de instrumentos por um display de LCD reconfigurável. Nele o condutor pode mudar a apresentação gráfica e escolher as informações que quiser ver, como consumo de combustível, conta-giros, temperatura, tensão das baterias e o ângulo de inclinação. As cores e até a fonte das letras e números poderão ser alteradas.

Resta esperar para ver quanto tempo a tecnologia irá demorar para chegar ao pais (em carros vendidos direto de fábrica com esta opção) e o quanto custará ao bolso do consumidor esta inovação.

Fonte: AutoEsporte

O asfalto Antienchente

segunda-feira, 14 de dezembro de 2009

Voltamos para a pauta sobre soluções para resolver o problema das enchentes no Brasil e principalmente na capital paulista.

A Universidade de São Paulo (USP) criou, por meio do seu Laboratório deasfalto Hidráulica da Escola Politécnica, uma é uma nova tecnologia de asfalto. A inovação tecnológica garante que as águas acumuladas no asfalto não ultrapassem a altura da sarjeta

Segundo o professor de engenharia hidráulica da Escola Politécnica da USP José Rodolfo Martins, responsável pela pesquisa, “O asfalto fica tão poroso quanto a areia da praia”.

A intenção é que o asfalto poroso, que pode ser usado em grandes áreas impermeáveis (como estacionamentos), crie um revestimento - graças a absorção - que retarde em 50% a velocidade com que as águas chegam aos rios e córregos da cidade.

Fonte: Folha de São Paulo

O futuro do parabrisa

segunda-feira, 17 de agosto de 2009

Mais uma dos cientistas. A nanotecnologia poderá aposentar o limpador de parabrisa.

O novo parabrisa será feito com um vidro especial dotado de quatro tratamentos superficiais que alteram suas características moleculares. A camada mais externa, que entra em contato com o ar, será feita de dióxido de titânio. Além de servir como filtro solar, seu principal efeito será tornar o vidro hidrofóbico, ou seja, capaz de repelir a água.parabrisa

A segunda camada opera nas extremidades do vidro, expulsando a poeira acumulada na medida em que o vento retira o pó que cai sobre toda a área do parabrisa.

Os eletrodos são ativos, agindo eletrostaticamente a partir da ativação pelos sensores instalados na terceira camada. Já a quarta camada será praticamente um circuito elétrico transparente, capaz de conduzir a energia necessária para alimentar os sensores da terceira camada e ativar a segunda.

Fonte: G1