Posts com a Tag ‘usado’

A importância de se fazer a revisão

segunda-feira, 5 de abril de 2010

revisaoEfetuar a revisão do seu carro - seja ele 0km ou usado - é de extrema importância para sua segurança e para não ter surpresas desagradáveis quando menos se espera. Por isto não espero seu carro apresentar nenhum defeito para fazer a revisão, seja em uma autorizada ou em uma oficina de sua confiança.

O mais comum, principalmente quando o carro é novo, é que as revisões sejam feitas a cada 10 mil quilômetros. Nesta primeira vistoria são conferiras as condições gerais do carro (motor, correrias, freios e equipamentos de segurança) e efetuada a troca de óleo e filtro.

Depois, na de 20 mil, a inspeção é mais demorada: além de trocar óleo e filtros, se for flex, substitui-se o filtro de combustível entre outros itens.

Vale lembrar que se o carro for 0km e você não seguir o programa de revisões da concessionária (indicados no manual do proprietário) o risco de você perder a garantia do veículo são grandes.

Se mesmo assim você insistir em não fazer a revisão, fique atento ao nível de água e de óleo bem como aos barulhos que seu carro faz.

Fonte: IG

Velho sim, esquecido nunca!

quinta-feira, 2 de abril de 2009

Pesquisa nacional revelada pela CINAU (Central de Inteligência Automotiva) mostra que carro ser velho não significa ser esquecido.

Entre os carros populares mais recomendados por mecânicos independentes aos seus clientes, o Fiat Uno lidera a lista com 21,7% das sugestões.

Depois dele, os mecânicos aconselham Volkswagen Gol (20,8%) e Fiat Palio (14,4%). O estudo “Melhor Carro/Imagem das Montadoras” ouviu, no mês de janeiro, 1.200 profissionais da reparação automotiva, focando na relação custo/benefício, qualidade mecânica e durabilidade das peças.

Já o líder em rejeição é o Ford Fiesta. Dos 1.200 mecânicos consultados, 12,2% repelem o veículo, seguido por Volkswagen Gol 16V (11,2%) e Fiat Marea (6,1%).

Segundo a pesquisa, o que determina a opinião dos mecânicos é a durabilidade insuficiente do veículo, pouca qualidade e baixa disponibilidade de peças de reposição.

Também foi perguntado aos mecânicos qual seria o “carro dos sonhos”. Resposta: Chevrolet Vectra, seguido por Honda Civic e Volkswagen Golf. Para eles, esses carros levam o título por serem duráveis e compostos de peças de fácil reposição.

Entre os veículos médios, com motorização entre 2 e 2.4 litros, o Chevrolet Vectra emplaca novamente, seguido pelo Astra. Acima dessa categoria, Omega e Blazer são os mais indicados, seguidos pelo Volkswagen Jetta, que sucedeu o Passat citado nas pesquisas anteriores.

Quando questionados se recomendam algum carro aos seus clientes, 88,6% responderam que sim.

Fonte: IG

Comprando um usado blindado

quinta-feira, 26 de março de 2009

Brasil tem hoje a terceira frota de carros blindados do mundo, atrás de Colômbia e México, segundo fontes do mercado.Diante da popularização da blindagem e da quantidade de veículos nas ruas, acaba se tornando mais fácil encontrar modelos usados para a venda.

Mas quem tem a intenção de comprar um auto nessas condições deve ficar atento a alguns possíveis desgastes e problemas que o veículo possa ter, para que o negócio não vire sinônimo de prejuízo.

Acompanhe as dicas:

• Observe os vidros: eles não podem apresentar bolhas ou trincos - o que reduz a capacidade de absorção aos tiros;

• Verifique o estado dos amortecedores e freios: devido ao peso excessivo do carro após a blindagem, esses itens sofrem maior desgaste;

• Confira a potência da proteção. O nível III é o mais comum no Brasil, sendo seguro para armas de mão em geral;

• Os aros metálicos internos dos pneus devem estar em perfeito estado, garantindo assim 15 quilômetros de rodagem, caso os pneus fiquem vazios;

• Olhe com cuidado os vidros elétricos: o peso extra pode prejudicar a abertura e fechamento.

Por fim, caso seja possível, opte por um modelo automático porque, em uma fuga, não existe o risco de o motor morrer.

Fonte: Agência Autoinforme