Arquivo da Categoria ‘Motos’

Leilão de Automóveis Detran

terça-feira, 1 de setembro de 2009

01-09leilao-detran-0011

Mais um leilão acontece entre os dias 31/8 até 2/9, dessa vez serão arrematados 487 veículos entre carros, motocicletas, kombis e vans. Boa parte dos veículos está em bom estado de conservação e são relativamente novos. Desses 305 tem menos de 10 anos de fabricação e 159 foram produzidos há menos de 5 anos.

Os destaques da vez ficam por conta dos dois Fiat Idea 2006 e quatro Fiat Siena 2006. Além destes, veículos como o Citröen Xsara 2001, e os importados Chrysler Neon 1998, BMW 325 1994, e o Toyota Corolla 1995 também deverão atrair as atenções dos participantes.

O leilão acontecerá no pátio da Rodovia Washington Luis, 13.175, em Duque de Caxias, a partir das 10 horas da manhã. Os compradores também terão a facilidade de obter seu veículo por meio de lances no site do Leilão.

Vale lembrar que ao arrematar um veículo o novo proprietário não herda as dívidas referentes ao proprietário anterior. Se o valor do arremate for suficiente para pagar o IPVA, as multas, o serviço de reboque e as diárias do depósito, o saldo restante será entregue ao antigo proprietário. Mas se, ao contrário, o valor do arremate não cobrir todas as despesas, o antigo dono terá o nome incluído na dívida ativa do estado.

Somente são leiloados veículos, com emissão de documentos e manutenção do registro no Detran, motos, carros e que estejam em condições mínimas de segurança para trafegar.

Dicas para andar de moto com segurança

quarta-feira, 22 de outubro de 2008

Emerson Fittipaldi, Bicampeão na Fórmula 1,está organizando o Salão de motociclista e dá dicas para todos motociclistas, independente se for por lazer ou a trabalho.

1. Saiba andar, afinal é rápido e gostoso andar de moto, entretanto se não souber usar você, além de se machucar pode acabar ferindo os outros.

2. Independente de como você usa a moto, para lazer ou trabalho não corra. Se quiser sentir adrenalina, vá para a federação, tire a carterinha e corra no autódromo. Os autódromos são construídos pensando na segurança dos pilotos, e possuem dispositivos que na rua não têm.

3. Quando estiver andando na rua, sinalize sempre com o pisca alerta e com a mão, facilitando assim para que os outros motoristas vejam seu próximo ato.

4. Não ande grudado no carro da frente, afinal pode haver um buraco e o prejuízo será inteiramente seu.

5. Em marginais ou estradas, lugares onde o fluxo de carro é excessivo, fiquem na pista da direita, e respeite o limite de velocidade. Sempre!

6. Não é necessário pegar o “corredor”, que é mais rápido é. Porém, o guidão pode bater no retrovisor e até mesmo nos carros, e você pode acabar perdendo o controle.

7. Quanto ao capacete, use-o corretamente em todas as ocasiões, amarre a alça para sua maior proteção.

8. Use luvas, afinal quando você vai caor da moto a primeira reação é por a mão na frente, use sempre casaco, de preferencia de couro que proteje mais, e para quem anda muito, o uso de notas é aconselhável, proteje tornozelo e calcanhar.


Fonte: G1

As motos no Brasil

quinta-feira, 4 de setembro de 2008


As motos viraram uma alternativa para o transporte individual, essa opção fez com que a frota aumentasse em 34% no último ano em SP, e esse é um mercado que está em crescimento desde 1994 (com exceção do ano de 1999). O aumento trouxe também impactos negativos, como a maior incidência de acidentes e vítimas envolvendo motos, num ritmo até maior do que o aumento da frota. A moto é hoje o veículo que mais produz vítimas em SP, sendo que 71% dos acidentes com motos envolvem feridos que necessitam de cuidados hospitalares; enquanto outros automóveis esta proporção cai pra 7%.Essa situação não é exclusiva de SP, sendo assim, é importante entender como ocorrem esses acidentes para evitá-los. Para isso, vou usar um estudo sobre acidentes envolvendo motos feito na Europa, apesar da realidade brasileira não ser parecida com a européia, é interessante conhecer os resultados de um estudo específico sobre o assunto:1. A maior parte dos acidentes ocorre em cruzamentos.

2. As colisões ou choques de motos foram principalmente com automóveis.

3. O fator predominante para ocorrência dos acidentes foi o ser humano, tanto os motoristas como os motociclistas.

4. As principais falhas humanas observadas envolvem não perceber a existência do outro elemento antes do acidente , e tomar uma decisão errada, como não reduzir a velocidade e avançar em um cruzamento.

5. A vestimenta, calçado e capacete foram efetivos para prevenir ou reduzir as lesões.

6. O garupeiro, apesar de contribuir pouco com a ocorrência dos acidentes, quando contribuiu foi por movimento repentino que provocou o desequilíbrio do motociclista.

Junto com o estudo, ficam as dicas para os motociclistas:· Ser visto é fundamental, por isso, circule sempre com o farol aceso, roupas e capacetes de fácil visualização. Coletes e acessórios refletivos também são muito importantes.

· Evite circular entre filas de veículos.

· Utilize proteção individual, como vestimentas, luvas, calçados e capacetes adequados, estes fixados adequadamente.

· Cuidado extra com os pneus, verificando sempre a banda de rodagem e a pressão adequada, a manutenção de todo o sistema de freios e de iluminação e sinalização; ou seja, farol, lanternas, luzes das setas e de freio.

· Atenção à via e suas condições, principalmente àquilo que pode te desequilibrar como pista molhada, faixas escorregadias, etc. Reduza a velocidade tome mais cuidado.

· Importante frear da maneira adequada, tendo cuidado para não bloquear as rodas.

Fonte: Cesvi

Seguraça para o garupeiro

quinta-feira, 14 de agosto de 2008

Depois de toda a polêmica da lei da proibição dos garupeiros nas motos está na hora de dedicarmos um espaço desse blog a segurança deles, que sempre nos acompanham em nossas longas viagens ou até mesmo no trânsito do dia-a-dia.Levar alguém na garupa muda completamente à dirigibilidade da moto, então é necessário termos alguns cuidados extras quando damos carona a alguém. O aumento do peso deixa as acelerações e frenagens mais lentas, nas acelerações o peso vai pra trás e a moto empina mais facilmente, na curva pode derrapar a dianteira e nas frenagens o peso do garupa é jogado para a frente atrapalhando o movimento do piloto e comprometendo a frenagem.

O garupeiro deve colaborar com o motociclista e sempre acompanhar com o seu corpo o movimento da moto. Se a pessoa que você estiver dando carona não estiver acostumada a andar de moto, dirija devagar, pois se for necessário fazer uma curva em alta velocidade e ela não inclinar o corpo é possível que ambos se machuquem. O ideal é que o garupeiro segure no corpo do piloto e se incline juntamente com ele nas curvas.

Em termos de segurança quando há um passageiro atrás, o uso do freio traseiro é mais seguro que o dianteiro. É importante também evitar a aceleração repentina, se não tiver como evitar o garupeiro deverá “colar” seu corpo ao do motociclista, para evitar as “cabeçadas”.

É importante lembrar que só a partir dos sete anos de idade é permitido andar na garupa, sempre utilizando os equipamentos de seguranças, especialmente o capacete. Não respeitar a idade do garupeiro é considerado infração gravíssima, e pode acarretar em multa de R$ 127,69 e sete pontos na carteira do motociclista.

  Dicas para o garupeiro

1. Nunca subir ou descer da moto sem o conhecimento do condutor, pois ele poderá se desequilibrar.

2. Ajudar nas manobras de entrada e saída de estacionamento, sobretudo se for necessário engrenar a marcha ré.

3. Nas freadas e arranques, apoiar-se nas alças e não no condutor.

4. Ajudar nas curvas, espreitando sempre por dentro e apoiando-se, fortemente, em ambas as pedaleiras. A transferência de peso para as pedaleiras torna a moto mais manobrável.

5. Apoiar mais fortemente nas pedaleiras quando a moto circula no trânsito.

Fonte: ABRAM

Recuperação de Moto - História Real

terça-feira, 29 de janeiro de 2008

Vou compartilhar uma história real sobre um assalto a mão armada seguido de um final feliz: a recuperação da moto e a prisão dos bandidos, tornando as ruas mais seguras.

O proprietário da moto trafegava pela Marginal Pinheiros, quando foi abordado por dois criminosos armados em uma moto da marca Honda Hornet 600 na cor preta. Os criminosos roubaram a moto da vítima e fugiram.

O proprietário da moto entrou em contato com a Graber, empresa responsável pelo rastreamento de sua moto, e informou o acontecido, imediatamente o comando de bloqueio e as bases operacionais da Graber foram acionadas, para vasculharem o local que a moto se encontrava.  A equipe percebeu vestígios da parte elétrica de uma motocicleta. E ao observarem uma residência desconfiaram que a motocicleta estava coberta com um plástico dentro da garagem.

Foi solicitado o apoio da Polícia Militar que invadiu a residência, localizando a moto roubada, várias outras peças de motos, jaquetas de várias vítimas de roubo, 4 chaves mixas e uma arma de fogo tipo Pistola Imbél 380, que era utilizada para o roubo. Os criminosos foram presos em flagrante,  por posse ilegal de arma, roubo e formação de quadrilha.

Fotos da operação:

Moto roubada.

Local onde a moto foi encontrada pela equipe da Graber Rastreamento.

Pai e o criminoso.

Gostaria de agradecer à Graber Rastreamento por ceder as imagens.