Unificação do banco de dados - DENATRAN

 

O Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) inaugurou ontem, 3 de março, um banco de dados nacional. O novo sistema deve conter o histórico completo de cada motorista brasileiro.

Porém quem pretende revalidar a carteira terá que esperar um tempinho ainda.O sistema de consultas sobre carteira de habilitação está suspenso em todo o país desde sexta-feira (27). Só volta a funcionar, na maioria dos estados, no decorrer desta semana.

A paralisação foi programada para que o Denatran criasse um banco de dados nacional sobre os motoristas.

A partir de agora, além das informações pessoais, como CPF, identidade e filiação, o órgão vai ter o histórico completo de cada um com datas e locais onde foram realizadas as provas para a emissão da carteira, nome da auto-escola, do instrutor e do médico responsável pelos exames, detalhamento das multas e dos pontos acumulados no prontuário.

Na rotina de fiscalização vai ficar mais fácil, por exemplo, identificar um motorista que teve a permissão para dirigir suspensa em um estado, mas que circula tranquilamente em outro.

O banco de dados nacional também vai dar mais agilidade para os processos de transferência de carteira quando o motorista tiver pendências administrativas no estado de origem. A abertura do processo, que podia demorar três ou quatro meses, vai ser feita na hora.

Fonte: G1 e Denatran

Tags: , , , , ,

Um comentário para “Unificação do banco de dados - DENATRAN”

  1. Olá, cheguei a usar seu blog como referência para um boletim sobre carros que eu apresento na Rádio Teresópolis, interior do Rio. Dei os créditos ao Dirigindo Seguro. Falei dos faróis de xenônio, que foram “proibidos” para instalação particular. Só que na semana seguinte o Auto + falou que é possível regularizar a instalação dos kits no Detran do seu estado. Como é esse processo? Você concorda com isso? Não acha como eu que isso é mais uma brecha legal para driblar as leis que são criadas no nosso país? Por isso que o Brasil não vai pra frente, pois são criadas leis para coibir abusos e aparece sempre alguém para relaxar. Ah, e aproveito para pedir autorização para usar outros textos do blog tanto na coluna quanto no meu blog, com os devidos créditos. Só sei falar de modelos de carros. Abraço, Gustavo.

Deixe um comentário

Você precisa fazer o login para publicar um comentário.