Translux II ajudará na fiscalização do “insufilme”

Seja por questão de segurança (para dificultar a visualização do condutor) ou seja para “embelezar” o veículo, o “insufilme” é pratica comum nos veículos brasileiros, mas este item pode estar com seus dias contados.translux

Segundo resolução do Contran (n° 253) é permitida a utilização de películas escurecidas em todos os vidros, contanto que no para-brisas a transmissão luminosa seja de, no mínimo, 75%, nos laterais dianteiros de 70% e nos laterais traseiros e vigia de 28%.

Mas como verificar estas porcentagens? Ai que está à novidade. O Contran anunciou semana passada a portaria n° 391, que homologa o medidor Translux II - que irá ajudar os policiais na verificação.

O medidor permitirá que se verifique a transmitância luminosa dos vidros, conforme estabelece a resolução n° 253 Contran.

Fonte: MotorDream

Tags: , , , , , , ,

4 comentários para “Translux II ajudará na fiscalização do “insufilme””

  1. Carlos A disse:

    Não se tem mais o que fazer, o insulfime regularizado, não esconde nada, ou seja se voce tem um veiculo, os marginais, podem ver o que esta dentro, quebrar os vidros, com voce dentro e roubar tudo, e assim vai, sei que tudo tem seu lado da moeda, mas absolutamente não concordo, com esta situação, o dinheiro que eles investem, neste aparelho, poderiam usar para tampar as ruas esburacadas nossa, arrumar os farois que de inteligentes não tem nada, aqui em SP, só se pensa em multar e criar impostos.

  2. Lucas disse:

    Eles podiam pegar esse dinheiro e comprar qualquer outra coisa,imbecilidade isso,só pensam em nos fo### mesmo,estão ajudando os bandindos,cada vez mais a população sofre…
    quem não tem grana pra ter carro blindado fica ae a sorte…

  3. marcos disse:

    Cada vez mais regras são criadas, como a do assento elevado.

  4. Rodolfo disse:

    Há é verdade tiraram o CPMF Ne, hum entendi. Olha ai uma maneira de arrecadar dinheiro, “AUTORIDADES” vamos começar ir atras dos anseios e das vontades do usuarios vamos!!!! Hoje pelo pouco que sei há 2 grandes associações que fazem um trabalho sérios em relação a esse assunto e que ja foi comprovado que film mas escuros não atrapalhem na dirigibilidade ( não que eu seje a favor de um G5), mas é simples nós que gostamos de copiar coisas dos americanos porque não seguir a legislação deles ou até mesmo do resto do mundo que variam entre 15% nos traseiros, 28% nas portas dianteiras e 70% no parabrisa. E para aqueles que ja vem meter a boca nesses indices se informam porque essas % é conjunto VIDRO-PELICULA ou seja pra chegar a essa medida em um carro normal que não tenha um vidro escurecido de fabrica seria aplicada 28% nos vidros traseiros, 35% nos dianteiros e um film museo no parabrisa.

Deixe um comentário

Você precisa fazer o login para publicar um comentário.