Lei seca completará um ano

A “Lei Seca” irá completar um ano no mês de junho, se você não foi paradase-beber-nao-dirija por nenhuma blitz, leia abaixo como ela funciona e quanto pesa no bolso e na carteira.

Além do bafômetro, o policial pode autuar motorista apenas por avaliação visual. São observados:

Aparência - sonolência, olhos vermelhos, vômito, soluços, desordem nas vestes e odor de álcool no hálito.

Capacidades motora e verbal - dificuldade no equilíbrio, fala alterada.

Memória - conhecimento ou não de endereço, lembrança de atos cometidos.

Orientação - conhecimento da data e da hora.

Atitude - agressividade, arrogância, exaltação, ironia, falante e dispersão.

Se o motorista estiver abaixo do índice considerado crime, ele será autuado com uma Infração de Trânsito: com multa no valor de R$ 957,69 e suspensão do direito de dirigir por 12 meses.

Se o motorista estiver acima do índice, ele será autuado como Crime de Trânsito: com multa de R$ 957,69, suspensão do direito de dirigir por 12 meses, prisão em flagrante e, em caso de condenação, prisão de 6 meses a 3 anos.

A apreensão da carteira não é obrigatória, e o motorista pode requerer ao Detran-SP sua devolução. Caso seja punido com a suspensão de 12 meses, o período durante o qual a carteira ficou apreendida é descontado

PUNIÇÃO

Detran-SP estima prazo de dois meses entre a notificação do motorista cuja carteira foi apreendida e a suspensão do direito de dirigir. 1.589 CNH foram retidas em 10 meses da nova lei. 81 dessas 1.589 foram suspensas no período. 45 dias sé a soma dos prazos de defesa dados ao motorista notificado pela infração à lei.

Fonte: Estado de São Paulo

Tags: , , , , , ,

Um comentário para “Lei seca completará um ano”

  1. Nanau disse:

    Infelizmente a lei seca já morreu.
    Todo mundo está guiando depois de beber como antes.

Deixe um comentário

Você precisa fazer o login para publicar um comentário.