Posts com a Tag ‘assento de elevação’

Fiscalização de “cadeirinhas” começa hoje!

quarta-feira, 1 de setembro de 2010

A partir de hoje (01/09) a resolução do Contran que obriga o uso de cadeiras e assentos para o transporte de crianças até 7 anos e meio de idade começa a valer.cadeirinha

Após adiamento, por falta de produto no mercado, a fiscalização terá início e quem descumprir a nova lei será multado em R$ 191,54 - a infração é considerada gravíssima e desconta sete pontos na Carteira de Habilitação.

Estudo realizado pela ONG Criança Segura em cinco capitais mostra que apenas 32% das mães transportam seus filhos em algum dispositivo de retenção no carro (em bebê conforto, cadeirinha ou assento de elevação).

Vale a pena relembrar a regra pra você se preparar:

1-) Bebês com até 1 ano de idade deverão utilizar, obrigatoriamente, o “bebê conforto”

2-) Crianças com idade superior a 1 ano e inferior ou igual a 4 anos deverão ser transportadas obrigatoriamente em “cadeirinha”

3-) Crianças com idade superior a 4 anos e inferior ou igual a 7 anos e meio deverão utilizar o dispositivo de retenção denominado “assento de elevação”

4-) Até 10 anos de idade, todas as crianças obrigatoriamente têm ser transportadas no banco traseiro e com cintos de segurança.

Fonte: MotorDream

Obrigatório: Selo do Inmetro em cadeirinha

quarta-feira, 1 de abril de 2009

A partir desta quarta-feira, dia 1º, pais e responsáveis deverão exigir o selo do Inmetro na hora de comprar a cadeirinha, o assento de elevação ou o bebê conforto para levar crianças no banco traseiro dos carros de passeio.

A obrigatoriedade da certificação para os fabricantes começou a vigorar em maio de 2008 nacionalmente, quando foram obrigados a se ajustar à portaria 7 de 2008, porém, foi dado um prazo até o dia 31 de março de 2009 para o comércio se adequar.

A partir de então, não poderão ser comercializadas cadeiras de retenção de crianças sem o selo do Inmetro.

A fiscalização nas lojas será intensificada e serão aplicadas penalidades aos comerciantes que mantiverem os produtos sem certificação nas prateleiras.

A medida também vale para os produtos importados.

Aumentar a segurança das crianças nos carros foi o principal motivo para que o Inmetro tornasse a certificação compulsória.

De acordo com estatísticas americanas, a utilização destes equipamentos pode reduzir em até 71% o risco de morte em casos de acidentes ou desaceleração repentina do carro.

Antes de comprar o acessório, os pais devem levar em consideração o peso e a altura da criança. Há dispositivos de retenção que podem ser usados por crianças de até 10 anos aproximadamente.

O Inmetro alerta aos pais que, ainda que os dispositivos tenham sido avaliados e tenham apresentado desempenho satisfatório, a instalação adequada é fundamental para diminuir as consequências de choques dos veículos.

Por isso atenção, obedecer as instruções fornecidas pelos fabricantes é essencial.

Fonte: Inmetro e Folha de São Paulo