Posts com a Tag ‘bmw’

BMW quer comercializar o i3 no Brasil ainda em 2014

terça-feira, 21 de janeiro de 2014

21-01-2014-1

Se o monovolume elétrico da BMW parecia algo distante e difícil de sair do papel em território brasileiro, a empresa já confirmou: em setembro de 2014 ele estará à venda. E fabricado no Brasil.

O grande problema que a montadora enfrentará é o preço. Ainda que o público que compra BMW não liga muito pra isso, o carro chegará caro para um monovolume, por mais confortável e luxuoso que ele seja.

Sem nenhum tipo de isenção ou incentivo fiscal, modelos como o i3 pagam IPI cheio e de carro grande, além dos tradicionais tributos de importação, um pouco aliviados no caso da BMW por conta da construção da fábrica em Santa Catarina. A marca não definiu preço, apenas um limite: “vai custar menos de R$ 200 mil”, afirmou fonte da marca em Detroit.

Ao contrário dos carros elétricos do mundo, o i3 foi criado do zero e é exclusivamente elétrico. “Ainda assim, o i3 é feito para ser usado como um smartphone. Você volta do trabalho, chega em casa e carrega o celular e o carro, todo dia. Deixe oito horas na tomada padrão da sua casa e está carregado”, afirma a BMW.

Apesar disso, o carro é voltado para pessoas com alguma preocupação ambiental e muito, mas muito, dinheiro sobrando, pois ele deve custar quase 4 vezes mais que um monovolume premium no Brasil.

BMW fabricará Mini no Brasil

sexta-feira, 20 de dezembro de 2013

20-12-2013-1

Uma notícia que movimentou o mercado brasileiro em 2013 foi a confirmação da BMW em abrir uma fábrica aqui, em Santa Catarina. Nesta semana, porém, a montadora bávara confirmou os modelos que serão montados no Brasil.

Foram confirmado 5 modelos, sendo um deles da amrca Mini, pertencente ao grupo BMW. Os modelos confirmados são pertencentes ao grupo que mais agrada os brasileiros: hacth esportivo, sedã médio e SUV.

Já foram prometidas as séries 1 e 3 mais os SUVs X1 e X3. Mas a maior surpresa foi a confirmação de que o Mini Countryman também será montado em SC. O preço, porém, não terá alterações em relação aos importados da marca já a venda por aqui.

Dentre as marcas de luxo que farão carros no Brasil, a iniciativa da BMW é a mais agressiva até agora e a que contempla mais modelos. A Audi fará no o A1, A3 e Q3, a Mercedes produzirá o GLA e CLA e a Land Rover o Evoque e o Freelander.

Brasileira, BMW Serie 3 será bicombustivel

quinta-feira, 7 de novembro de 2013

07-11-2013-1

Com o início das produções em Santa Catarina, a BMW mostra-se realmente animada com sua chegada ao país. Mesmo sem praticamente alterar em anda o valor dos veículos, alguns projetos mostram preocupação com o mercado nacional.

A principal novidade é que a Serie 3 produzida aqui será flex, ou seja, rodará com gasolina e/ou etanol. O modelo fotografado pelo internauta Rodrigo Perini foi um 320i com a inscrição “ActiveFlex”.

Este será o primeiro carro turbinado com tecnologia flex do mundo. O 3201 é um belo sedã com motor 2.0 biturbo de quatro cilindros capaz de entregar 184 cv de potência.

No Brasil, a tecnologia flex funciona como um valioso diferencial de marketing e essa ação pode ser um ponto importante para a fabricante cair ainda mais nas graças do consumidor final antes de finalizar sua fábrica brasileira.

Com fábricas no Brasil, preços de BMW, Audi e Mercedes vão baixar?

terça-feira, 24 de setembro de 2013

Mercedes-Benz GLA Showcar Studio; 2013

Resposta: não. Ou muito pouco. E existem alguns motivos pra isso.

Primeiro porque mesmo produzindo os carros aqui, a tecnologia deverá ser importada. Isso tem um custo alto, tanto em mão de obra quanto em produtos.

Aí encontramos outro fator: mesmo montando no Brasil, a maioria das peças virão de fora. Num primeiro momento, cerca de 65% das peças dos carros ainda serão de fora.

Outro ponto é que será preciso amortizar od custos. A Audi, por exemplo, precisa vender quaser R$ 500 milhões para recuperar o valor investido no país. Quem paga isso é o consumidor, obviamente.

Mas mesmo assim, não deveria cair cerca de 10% os preços, só por não ter mais a taxa de importação sobre o produto pronto?

Então nos deparamos com o principal motivo dos preços permanecerem iguais. Uma lógica simples de mercado: tem muita gente que compra por esse valor, portanto baixar não soa lucrativo para a montadora.

O que podemos ter é uma queda de 3%, no máximo 5%, do valor por causa da suposta maior facilidade de manutenção e reposição. 10 % é sonhar alto demais e ter preços parelhos com os europeus chega a soar ridículo, dada a improbabilidade de isso acontecer.

Portanto, não se anime tanto. Os carros montados aqui não terão preços melhores e menos abusivos.

BMW Brasil só entregará carros em 2015, mas já conta com polêmica

sexta-feira, 10 de maio de 2013

10-05-2013-1

A BMW do Brasil declarou que fará “BMW de verdade” na fábrica de Santa Catarina. Mas para isso terá que contar com tecnologia estrangeira.

A fábrica nacional só passará a entregar carros em 2015 e o uso de tecnologia importada tem gerado alguma polêmica. De fato, essa polêmica é mais baseada num sentimento ufanista do que em argumentos plausíveis. O que a BMW quer evitar é fazer aqui que a Audi fez no começo do século, ao produzir o A3 no Brasil na fábrica conjunta da VW.

A bem da verdade, o A3 nacional era um Golf com a visual de Audi. A BMW não quer fazer um carro modificado para o mercado brasileiro, por isso o título “BMW de verdade” e o uso de tecnologia estrangeira. “Uma coisa é fazer carros populares ou carros de um certo patamar, outra coisa é fazer um carro premium da BMW. O Brasil tem fornecedores de ponta instalados, mas teremos de trazer outros para atender demandas nossas e de nossos consumidores”, afirmou Torben Karasek , chefe-geral da marca no Brasil.

Quando questionado o que não teria como ser feito no Brasil, ele não teve papas na língua ao responder: “Olhe para os faróis de LED, olhe para a tela widescreen de 10 polegadas, que sincroniza funções de computador de bordo, som e internet, veja o conforto dos bancos, o padrão do acabamento desta porta. O consumidor brasileiro quer este tipo de qualidade ao comprar um BMW e não vai querer saber se ele é feito aqui ou na Alemanha, assim, nossa missão é fazer e entregar um BMW de verdade”.

É bem provável que o primeiro modelo feito por aqui seja da séria 1, série 3 ou X1 e ainda algo da vertente MINI como algum segundo passo. Mas ainda nenhuma pista foi dada a respeito.