Posts com a Tag ‘CNH’

O que fazer quando se tem a CNH suspensa

sexta-feira, 27 de setembro de 2013

27-09-2013-1

Muitos motoristas ficam em dúvidas do que fazer ao ter a CNH suspensa. Par resolver tal impasse, são necessárias medidas simples, mas que requerem atenção.

A CNH é suspensa quando o motorista recebe mais de 20 pontos com multas e infrações ou ao cometer uma única infração gravíssima automaticamente suspensiva. Quando esse limite é atingido, o motorista é notificado pelo Dentran através de uma carta enviada a seu endereço cadastrado junto ao órgão.

Ao receber a notificação, o condutor tem um prazo de 30 dias para apresentar uma defesa pessoalmente no local em que sua CNH está cadastrada (Dentran ou Ciretran de seu município). Caso opte por não apresentar contra argumento ou tenha o recurso negado, o motorista deve entregar sua carteira no órgão expeditor.

O direito de dirigir é suspenso de um mês a um ano, dependendo da situação. Se for reincidente num período de 12 meses, a suspensão varia de seis meses a 2 anos.

Enquanto está suspenso, o condutor deve fazer um curso de reciclagem de cerca de 20 horas em algum CFC de sua cidade.Cumprida a penalidade, o motorista poderá ter a CNH de volta apresentando o certificado de conclusão desse curso.

Uma pequena discussão sobre a idade mínima para tirar a CNH

terça-feira, 29 de janeiro de 2013

29-01-2013-11

Sempre ouvimos a indagação dos jovens em relação à idade mínima para dirigir no Brasil. Como todos sabem, para tirar a Carteira Nacional de Habilitação (CNH), a pessoa precisa ter 18 anos completos. Nos EUA, com algumas restrições, um jovem de 16 anos pode fazer o mesmo. Mas seria possível isso no Brasil?

Os jovens, ansiosos para dirigir, argumentam que o comportamento de um adolescente norte-americano e de um brasileiro não é tão diferente. Alguns ainda defendem que dirigindo com 16 anos e só tendo acesso à bebida alcoólica com 18, de certa forma isso “ensinaria” a pessoa a não ingerir álcool ao volante.

No parágrafo acima, porém, encontramos problemas sérios na argumentação.

Primeiramente é complicado dizer que o comportamento dos adolescentes é parecido, pois o grande exemplo dos jovens brasileiros ainda é os pais. Os adultos brasileiros desconhecem, em geral, o Código Nacional de Trânsito e desrespeitam leis com frequência. Desde estacionar em vaga reservada a idosos ou portadores de deficiência física quando não o são até dirigir embriagado. É isso que os filhos veem.

Em relação ao álcool, o argumento de que apenas com 18 a pessoa tem acesso a bebida é uma falácia enorme. Os jovens tem acesso livre a qualquer tipo de bebida muito cedo. Muito se dá pela boa aceitação social em relação ao álcool, por isso beber em público não é mal visto. Por isso que dirigir embriagado não é chocante para a maioria das pessoas.

Se adultos são, em sua maioria, imaturos demais para avaliar o perigo de dirigir sob o efeito do álcool, o que dizer de jovens? Acreditar que adolescentes não irão dirigir bêbados porque “a lei proíbe a venda de bebidas alcoólicas a menores de idade” é um argumento fantasioso. Fruto de desconhecimento ou de má fé.

É um debate muito mais alimentado pela vontade feroz de jovens dirigirem do que pela necessidade de mudar algo no trânsito. Isso não traria mais segurança para ninguém. E conhecendo a ferocidade e periculosidade do tráfego cotidiano, essa medida apenas colocaria mais gente em risco.

Dirigir sem CNH

segunda-feira, 27 de setembro de 2010

Quando chega a adolescência  e a proximidade de se obter a CNH a vontade de dirigir aumenta. Histórias de jovens que cometeram infrações sem a CNH após pegar o carro sem a permissão dos pais costumam chocar a todos, porém não são novidade.

No Paraná surgiu uma ideia que pode ajudar a solucionar o problema de uma maneira bem educativa e legal.

O projeto consiste em um curso dado aos jovens que foram pegos cometendo a infração de dirigir sem CNH. O curso é de reeducação no trânsito, e consiste em uma palestra dada no próprio DETRAN, onde os jovens recebem noções básicas de trânsito e assistem vídeos relacionados ao assunto, como por exemplo, o perigo do uso de álcool antes de dirigir ou a importância do uso do cinto de segurança. Além disso, os pais também recebem recomendações para que evitem situações que favoreçam o jovem a pegar as chaves do carro, por exemplo.

Na segunda etapa do curso, os adolescentes, ainda na companhia dos pais, participam de uma blitz educativa junto com policiais e funcionários do DETRAN, para acompanhar mais de perto o dia a dia da fiscalização e entender melhor quais são os riscos no trânsito.]

Fonte

Aula noturna entra em vigor hoje

segunda-feira, 17 de maio de 2010

A partir de hoje (17/05) passa a vigorar a resolução 347/2010 que determina que 20% das aulas práticas nas autoescolas sejam realizadas nonight período noturno.

Segundo a Resolução, a comprovação da realização de parte da prática de direção veicular à noite será realizada pelos órgãos e entidades executivos de trânsito dos estados.

O horário em que as aulas serão realizadas - bem como o horário que será considerado “noite” - ficará a cargo dos órgãos estaduais.

Com a nova lei fica considerado que das 20 horas/aula exigidas para a obtenção da habilitação, quatro serão realizadas à noite. Nos casos de adição ou mudança de categoria, serão três horas/aula das 15 exigidas.

Fonte: UOL

Aulas noturnas para tirar a CNH

segunda-feira, 22 de março de 2010

Agora, para retirar a Carteira Nacional de Habilitação, o candidato a motorista deverá passar por aulas noturnas. Isto é o que diz a notaautoesc publicada no Diário Oficial da União nesta última quinta (18/03) e que promove uma mudança no Código Brasileiro de Trânsito, tornando obrigatório que parte das aulas sejam noturnas, com carga horária mínima fixada pelo Conselho Nacional de Trânsito (Contran).

A medida deve passar a vigorar dentro de 60 dias depois da publicação.

“Condições especiais de dirigibilidade, que fazem parte da rotina de qualquer motorista, devem fazer parte do aprendizado do futuro condutor”, afirmou o deputado federal e autor do projeto Celso Russomanno (PP-SP).

Fonte: G1