Posts com a Tag ‘compra’

Amigos e internet são mais decisivos que test-drive para o brasileiro

terça-feira, 2 de julho de 2013

02-07-2013-1

O brasileiro compra muito carro, cada vez mais. Mas um dado interessante foi divulgado nesta segunda-feira (dia 1): menos de 50% dos compradores fazem test-drive para comprar carros novos.

São vários motivos: falta de tempo, falta de oportunidade (a loja não oferece) e, principalmente, falta de vontade (o comprador simplesmente não quer). Nesse processo de decisão, o consumidor do Brasil ainda confia mais no “boca a boca”, ou seja, a indicação de amigos conta muito.

A importância de pesquisas e opiniões na internet também deve ser considerada. Cada vez mais, o consumidor recorre à internet para obter informações sobre o carro. Estima-se que quase 90% das pesquisas para aquisição de um novo produto (de qualquer natureza) começa ou passa pelo mundo online.

Mas o mais interessante dessa pesquisa sobre o perfil do comprador de carro feito pela J.D. Power é que apenas 8% dos compradores consideram a confiabilidade e a durabilidade do carro como os fatores mais importantes na hora de escolher um modelo novo. Em geral, o brasileiro prefere definir sua compra em fidelidade à marca se a experiência anterior for boa (11%). O que reforça algo que informamos aqui há tempos: o público brasileiro é muito conservador e não gosta de arriscar.

Deixemos aqui uma dica valiosa: trocar informações e pesquisar na internet é fundamental. Mas num mercado ainda dominado por veículos pouco confiáveis em termos de segurança e incompletos em relação a itens e funcionamento, é de suma importância um test-drive bem realizado. É seu direito como consumidor.

Como não cair na lábia do vendedor de carros?

quarta-feira, 23 de junho de 2010

O momento de comprar um carro novo é muito gostoso, porém também pode ser algo perigoso pois junta a fome com a vontade de comer, ou seja, seu desejo por um veículo 0km ao desejo do vendedor de alcançar a sua meta no mês.

Para que você realize uma compra que não irá se arrepender depois é importante seguir algumas dicas para não cairvendedor na lábia do vendedor.

1-) Dê as cartas: No ato da compra, a primeira informação que o vendedor tenta tirar do consumidor é a quantidade de dinheiro que ele está disposto a pagar na prestação mensal. Cabe ao comprador inverter a situação e assumir as rédeas da negociação. Procure sempre comprar o carro na terceira semana do mês, que é quando o vendedor está louco para alcançar a sua meta e fica mais vulnerável a negociação.

2-) Não ceda a impulsos: Os apelos para que você leve o automóvel na hora são muitos, mas é preciso lembrar que a compra trará responsabilidades que vão perdurar na forma de longas prestações. O ideal é pesquisar ofertas em outras concessionárias, comparando não apenas as taxas de juros cobradas pelas instituições, mas o Custo Efetivo Total (CET) do financiamento.

3-) Saiba o que você quer e o que você pode: Considerando o tamanho do seu orçamento, saia de casa com o carro pretendido em mente. No máximo, avalie as opções que se encaixam na mesma categoria e faixa de preço. Pense que após comprar o carro ainda virá em conjunto custos extras como: pagamento de IPVA, DPVAT, seguro…

4-) Desconfie das promoções: Atraído por propagandas tentadoras, em geral referentes a modelos de entrada, o cliente pode descobrir que o carro com aquela promoção irresistível simplesmente não existe na concessionária. É uma tática para te atrair até a concessionária e fazer você comprar um modelo quase igual só que com itens a mais que podem encarecer o veículo.

5-) Seja e esteja informado: Uma vez decidido o modelo, não hesite em pechinchar. Conheça os preços praticados no mercado através da tabela Fipe (índice atualizado produzido pelo Instituto de Pesquisas Econômicas) ou no próprio site das montadoras. Mostrar o anúncio de uma revenda para a concorrente é uma boa estratégia para conseguir baixar o preço do carro na empresa que for mais conveniente para você.

Fonte: Revista Exame

Leilão no DETRAN-RJ, no próximo dia 26!

sexta-feira, 20 de novembro de 2009

Detran RJ

O momento tão esperado está chegando, dia 26 o DETRAN brinda a todos com mais um leilão. Ao todo estarão disponíveis 87 veículos, entre carros e motos. O mais legal é que você pode, além de dar lances no local, fazer tudo de casa. Basta acessar o site www.cevera.com.br no dia do leilão.

Ele será realizado às 13 horas na Estrada São Pedro de Alcântara, 453, bairro de Deodoro, Rio de Janeiro.
Quem quiser conferir de perto os veículos antes do leilão, é só ir até o endereço citado acima nos dias 24 e 25 de novembro.

Qualquer dúvida ligue para: (21) 3369-8166 e 2505-9954.

Fonte: Detran-RJ

Prorrogação da redução do IPI

terça-feira, 31 de março de 2009

Foi prorrogada por três meses a redução do IPI para veículos automotores.

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, informou que o corte inclui agora um acordo para a manutenção do emprego no setor:

“A indústria automotiva é importante para o país porque é uma cadeia produtora que chega a representar 23% do PIB industrial”, disse Mantega

Agora, até o final de junho os carros de passeio com motores 1.0 estarão isentos de IPI, e aqueles com motor entre 1.0 e 2.0 pagarão 50% do imposto.

A tabela do IPI para automóveis com validade até o final de março é a seguinte: carros de até 1.000 cilindradas terão alíquota reduzida de 7% para zero.

Carros acima de 1.000 até 2.000 cilindradas movidos à gasolina terão IPI reduzido de 13% para 6% e movidos a álcool ou flex, de 11% para 5,5%.

Carros acima de 2.000 cilindradas terão IPI mantido em 25% para os à gasolina e em 18% para os a álcool e flex.

Picapes de até 1.000 cilindradas terão redução do IPI de 8% para 1%; e de 1.000 até 2.000 cilindradas terão redução geral de 8% para 4% no IPI.

Uma medida adicional do pacote anunciado nesta segunda é a eliminação da Cofins (Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social) no preço das motocicletas — a alíquota era de 3%.

Fonte: Reuters