Posts com a Tag ‘etanol’

Abastecer com etanol está cada dia mais caro e só vale a pena em GO e MT

sexta-feira, 26 de abril de 2013

26-04-2013-1

Desde que o motor flex entrou de vez no mercado brasileiro, o preço do etanol não parou de subir. Questão de mercado, claro. Acontece que o preço subiu tanto que parou de ser vantajoso, na maioria dos casos, abastecer com esse combustível.

Segundo a Agência Nacional do Petróleo (ANP), apenas nos estados de Goiás e Mato Grosso é vantagem o consumidor optar pelo uso exclusivo do álcool. Em São Paulo, desde o começo de abril, é indiferente.

Do ponto de vista econômico, abastecer com etanol é mais vantajoso do que a gasolina quando o preço for equivalente a menos de 70% do preço do combustível fóssil.

Uma pesquisa da ANP verificou que o preço do etanol equivale, em Goiás, a 68,76% do preço da gasolina e no Mato Grosso, 66,08%. Claro que esses dados equivalem à média dos postos do estado.

O consumidor já percebeu isso. Tanto que há dez anos, quando os motores bicombustíveis chegaram ao mercado, 8 em cada 10 carros usavam exclusivamente o etanol. Em 2012 esse número caiu para 2 em cada 10 veículos.

Entendo a preocupação do governo em relação ao etanol e os incentivos para que o consumidor use esse tipo de combustível, porém só a questão ambiental não será suficiente para convencer o motorista. É preciso que a alternativa seja financeiramente melhor, no mínimo.

Rio de Janeiro inicia venda de “etanol aditivado”

segunda-feira, 6 de setembro de 2010

Os postos Shell do Rio de Janeiro são os primeiros estabelecimentos cariocas a oferecer etanol aditivado. Cetanoladitihamado de Shell V-Power Etanol, o combustível fabricado de cana de açucar é desenvolvido para motores flex.

Os habitantes da cidade maravilhosa poderão “experimentar” a nova tecnologia que chegou aos postos de São Paulo em abril. Segundo pesquisa, na capital paulista, o Shell V-Power Etanol já é utilizado por 40% das pessoas que utilizam o etanol em seus veículos.

A fórmula do Shell V-Power Etanol promete uma capacidade extra de limpeza do sistema de alimentação de combustível, além de uma maior lubricidade às partes internas do motor, ajudando a manter as características de um motor novo por mais tempo.

Fonte: UOL

Etanol volta a valer a pena

sexta-feira, 26 de março de 2010

Há tempos viemos acompanhando a alta desenfreada do álcool combustível (Etanol) nas principais cidades brasileiras. Em São Paulo o combustível oriundo da cana de açúcar chegou a bater na casa do R$1,80 enquanto aflex_fuel gasolina tinha o preço de R$ 2,487.

Fazendo aquela famosa continha (quando o preço do álcool bater em 70% do valor da gasolina, vale a pena utilizar o combustível fóssil), muitos usuários de carros Flex passaram a optar pela gasolina.

Mas segundo levantamento da ANP (Agência Nacional do Petróleo) este cenário mudou em março. A gasolina estabilizou (em média) em R$ 2,46 enquanto o preço do etanol caiu para R$ 1,62, voltando a ser vantajoso para o consumidor.

Fora de São Paulo, o etanol também tornou-se a melhor escolha em outros 18 estados brasileiros.

Fonte: Icarros

Entenda porque o Etanol está tão caro

sexta-feira, 15 de janeiro de 2010

Se você utiliza um carro movido a Etanol (álcool) já deve ter percebido - e sentido no bolso - o grande aumento de preço que este combustível tem sofrido no Brasil. O que era antes uma certeza de vantagem na hora de abastecer, agora merece atenção e alguns cálculos: Para valer a pena usar o Etanol, o litro do álcool tem que custar até 70% do preço da gasolina.

Segundo a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), esta alta deve-se as fortes chuvas, a alta do consumo de açúcar na Índia e a venda recorde de veículos. etanol

Desde julho de 2009 o etanol registra seis meses de altas consecutivas. O valor do litro atingiu a média de R$ 1,775 na última semana.

De acordo com a União da Indústria de Cana-de-açúcar (Unica), o principal motivo são as chuvas que, além de prejudicarem as colheitas, irrigam excessivamente o solo: o excesso de água diminui a concentração de sacarose nos pés, reduzindo a produtividade. Ou seja, falta a matéria prima para a produção do álcool combustível.

Esperamos que o governo tome urgentes e severas medidas para baratear o custo do Etanol, se não vai novamente “por água a baixo” (literalmente) o planejamento do Brasil em fazer de que, em alguns anos, nos tornemos exemplos e uma potência na fabricação e utilização deste combustível.

Fonte: G1

Ranking dos mais poluentes

quinta-feira, 24 de setembro de 2009

O Ministério do Meio Ambiente divulgou um ranking dos automóveis mais poluentes comercializados no país. E qual não foi a surpresa ao olhar a lista e perceber que os carros a álcool ocupam oito das 15 piores posições.

Foram feitas 250 avaliações de veículos leves produzidos em 2008, os automóveis “flex”, que representam 85% da frota comercializada no país em 2008, tiveram duas avaliações diferentes, uma para gasolina e outra para álcool.

Foram dadas notas de um (piores) a dez (melhores) para a emissão de três gases poluidores –monóxido de carbono, hidrocarbonetos e óxidos de nitrogênio (que mesmo não prejudicando o meio ambiente afetam a saúde).

Confira o Ranking:

ranking

Fonte: Folha de São Paulo