Posts com a Tag ‘meio ambiente’

Audi apresenta modelo elétrico de alto desempenho

sexta-feira, 18 de setembro de 2009

etron1

Os sistemas de motorização elétrica nos carros ainda são pouco usados. Os primeiros veículos deste tipo datam de antes de 1900, mas, apesar disto, em 2009 nenhum grande fabricante produz em série um automóvel movido exclusivamente a bateria.

Os veículos elétricos oferecem uma série de vantagens: reduzem a dependência ao petróleo; não produzem diretamente emissão de gases; a eficiência de um motor elétrico supera claramente a de um motor a combustão e dá menos gastos ao bolso do consumidor.
Audi, de olho no meio ambiente, e neste novo segmento, apresenta seu esportivo elétrico, o e-tron.

A bateria colocada atrás da cabine de passageiros garante ótimo centro de gravidade e uma perfeita distribuição de carga entre os eixos. O modelo é capaz de distribuir entre as rodas a potência de seus quatro motores elétricos de acordo com a necessidade. O chamado torque vetorizado proporciona dinâmica fascinante e inigualável agilidade e precisão nas curvas.

A Audi também utiliza tecnologias revolucionárias, como uma bomba de calor para esquentar de forma eficiente o habitáculo. O sistema de propulsão, a potência eletrônica e a bateria são controladas por um inovador sistema de gestão térmica que constitui um componente decisivo para alcançar a magnífica autonomia do veículo, sem abrir mão do elevado conforto interior. A conexão eletrônica do carro com o exterior, chamada comunicação Car-to-X, abre novas dimensões de eficiência, segurança e conforto.etron2

O cockpit do e-tron é voltado para o motorista, uma característica típica da Audi. No lugar do clássico painel de instrumento, o protótipo incorpora um display central com funções MMI, que é controlado por meio de uma superfície tátil situada no volante (MMI touch), elemento inspirado nos smartphones mais modernos. Enquanto um velocímetro analógico informa à direita a velocidade, à esquerda o condutor recebe informação sobre a potência gerada.

Quatro motores elétricos com potência total de 313 hp proporcionam ao Audi e-tron performance de alto rendimento e esportiva. O protótipo acelera de 0 a 100 km/h em 4,8 segundos e de 60 a 120 km/h em 4,1 segundos.
A velocidade máxima está limitada a 200 km/h, dado que, quanto maior a velocidade, maior a demanda energética dos motores elétricos. A autonomia é de aproximadamente 248 km em uso misto.

Fonte: Audi

Dirija ecologicamente

segunda-feira, 29 de setembro de 2008

Hoje o governo irá submeter à consulta pública o plano nacional de mudança climática que tem como objetivo reduzir a emissão de CO2 na atmosfera. Uma das substituições previstas é a troca gradativa do uso gasolina por álcool nos carros nacionais, essa ação além de reduzir os impactos no meio ambiente irá também, diminuir a dependência pelo petróleo.

Todos sabem que os veículos são um dos principais vilões na emissão de CO2,  por isso já existe o movimento Eco Drive que ensina os motoristas a dirigir de forma ecológica para diminuir o consumo de combustível, diminuir as emissões de poluentes e aumentar a segurança no trânsito.O movimento defende que nos últimos anos a tecnologia dos motores e a performance dos automóveis evoluíram rapidamente, mas os motoristas não adaptaram o estilo de direção. A direção ecológica se adapta à tecnologia moderna dos motores e diminui o consumo de combustível em 5 a 10%.

As principais diretrizes para dirigir de maneira ecológica são:

  1. Manter a velocidade sempre com baixo giro usando a maior marcha possível. Portanto, mude para a marcha mais alta assim que possível.
  2. Mantenha uma velocidade constante, usando a marcha mais alta possível.
  3. Verifique a pressão dos pneus, para poupar combustível e aumentar o tempo de vida dos mesmos.
  4. Faça uso dos dispositivos instalados para poupar combustível, como computadores de bordo, econômetros e controladores de velocidade.
  5. Livre-se do excesso de peso.
  6. Mude as marchas da 1ª para 3ª em um passo.
  7. Desligue o motor em paradas curtas (> 1 minuto).
  8. Evite acelerações e frenagens desnecessárias. Isso fica mais fácil se você antecipar o tráfego à frente.
  9. Tente usar a energia motriz do carro o máximo possível.
  10. Libere o pedal do acelerador em descidas
  11. Não acelere em subidas
  12. Cheque o óleo e os filtros.

É importante que cada motorista esteja consciente de que a maneira que ele pilota reflete diretamente no consumo de combustível, e que dirigir ecologicamente é uma maneira fácil para contribuir com o meio ambiente.

Fonte: Eco Drive, Limão

Dia Mundial Sem Carro

terça-feira, 23 de setembro de 2008

Ontem foi comemorado o 10º dia mundial sem carro, a primeira comemoração foi realizada na França em 1998, a partir desse momento vários países aderiram a causa que chegou no Brasil em 2001.Desde então, todo dia 22 de setembro é voltado a combater a poluição do ar e a emissão excessiva de gases de efeito estufa pelos automóveis.

Foi constatado que para se obter um resultado significativo no combate a poluição do ar, a população teria que abrir mão de seus carros, pelo menos por um dia, obviamente essa meta não é alcançada. No Brasil em 2005, cerca de 43 municípios participaram da causa, já em 2008 este número caiu para 32. Os paulistas, por exemplo, não aderiram causando até mais trânsito do que nas outras 3 segundas-feiras anteriores, cerca de 50,3 Km ante 49,7 Km.

Não é somente nesse dia que devemos nos preocupar com questões do meio ambiente. Temos várias alternativas que poluem menos, como andar a pé, de bicicleta, pegar transporte público ou até mesmo uma carona com seus colegas.

Mas se você não abre mão de seu carro, prestre atenção nas 5 dicas para não impactar tanto o meio ambiente:
1. Cheque os pneus - é a maneira mais eficiente e prática do ponto de vista energético. Quanto mais vazios, mais os pneus entram em atrito com o solo, obrigando o motor a trabalhar mais e a gastar mais combustível. Cheios demais, por outro lado, eles reduzem a dirigibilidade e provocam o desgaste prematuro. A calibragem correta é informada no guia do proprietário do carro.
2. Vá de aditivada - contém elementos químicos detergentes, que a longo prazo ajudam a manter o motor limpo. Com isso, há uma redução nos índices de emissões de poluentes, especialmente para quem utiliza o carro em distâncias curtas, condição em que o motor trabalha em temperaturas abaixo do ideal.
3. Visite uma oficina - leve seu carro a uma oficina para checar a regulagem do motor. Itens como velas, filtro de ar e catalisador têm influência direta na emissão de poluentes. Se a preocupação ambiental não for suficiente, saiba que um carro mal regulado pode gastar até 40% mais combustível.
4. Dirija com consciência - preste atenção no modo como você dirige. Quem ao usar o acelerador, ao invés de utilizar de forma gradual, estica demais a troca de marchas, consome mais combustível e emite mais poluentes. Antecipar as paradas, reduzindo a velocidade em vez de usar o freio, também evita o desperdício de energia. E use o ar-condicionado somente quando for indispensável, para reduzir o consumo de combustível.
5. Lave você mesmo - Dê preferência a produtos biodegradáveis e troque a mangueira pelo balde, para não desperdiçar água.

Fonte: Quatro Rodas,  Folha de São Paulo