Posts com a Tag ‘multas’

Radares que multam a noite já estão funcionando

sexta-feira, 5 de novembro de 2010

A CET já colocou os radares que contam com tecnologia capaz de identificar placas de noite e de madrugada. Além de estarem instalados no centro, alguns foram colocados em cruzamentos de bairros distantes na periferia.

Segundo a CET, o intuito é aumentar a segurança daqueles que trafegam a noite ou madrugada. Por isso foram feitos estudos para a escolha dos locais, dessa forma além da segurança será possível testar sua funcionalidade. O tempo de espera no sinal vermelho foi reduzido para que assim os motoristas não fiquem muito tempo expostos.

Confira onde eles estão localizados:

- Avenida Diógenes Ribeiro de Lima x Rua Dona Elisa de Morais Mendes (sentido Lapa)
- Avenida Guilherme Cotching x Rua Alcântara (sentido Centro)
- Avenida Corifeu de Azevedo Marques x Avenida Escola Politécnica (sentido Centro)
- Avenida dos Bandeirantes x Alameda dos Maracatins (sentido Marginal Pinheiros)
- Avenida dos Bandeirantes x Avenida Miruna (sentido Marginal Pinheiros)
- Avenida Dona Belmira Marin x Rua Dr. Oscar Andrade Lemos (sentido Centro)
- Rua Pedro de Toledo x Rua Napoleão de Barros (sentido Ibirapuera)
- Avenida dos Bandeirantes x Rua Funchal (sentido Marginal Pinheiros)
- Avenida das Nações Unidas x Rua Guriú (sentido Castelo Branco)
- Rua Turiassu x Avenida Pompéia (sentido Pompéia)

Os veículos que ultrapassarem o sinal vermelho e forem flagrados terão que pagar multa de R$ 191,54 e levarão sete pontos na carteira de habilitação, segundo a CET.

Alguns motoristas reclamam da falta de segurança, e acreditam que o melhor seria deixar os cruzamentos com o semáforo em amarelo piscante. De acordo com a CET, 10% dos 6 mil cruzamentos com semáforos da capital ficam desta maneira entre 0h e 5h. Os demais funcionam normalmente.

Fonte: G1

Fiscalização da cadeirinha já autuou 35 motoristas

segunda-feira, 4 de outubro de 2010

A lei que entrou em vigor no dia 1 de Setembro, já está surtindo efeitos. Segundo a CET, durante o mês de Setembro, 850 motoristas já foram fiscalizados na cidade de São Paulo. Deste número, 35 foram autuados segundo a polícia militar.

A lei que entrou em vigor 3 meses depois do planejado, causou grande confusão, e aos poucos os motoristas vão se adaptando. Por isso, lembramos algumas considerações da lei:

Crianças de até 1 ano, devem ser transportadas no bebê conforto, enquanto aquelas que tiverem idade entre 1 e 4 anos devem ser colocadas na cadeirinha. Aquelas que tem entre 4 e 7,5 devem utilizar o assento de elevação, ou booster. As cadeirinhas devem ser fixadas com cinto de segurança de três pontos. Caso o motorista esteja levando três crianças no veículo, uma delas poderá ser colocada na cadeirinha no banco dianteiro.

O motorista que não respeitar a lei, recebe uma multa no valor 191,54 reais e sete pontos na carteira de habilitação, CNH. Isso deve pelo fato de ser considerada uma infração gravíssima. Porém é possível sanar a irregularidade no local, isso se alguém auxiliar o motorista e trouxer o equipamento necessário para que a viagem da criança seja segura. Caso isso ocorra, o motorista é autuado e o carro liberado.

Fonte: G1

Desculpas mais usadas para fugir de multas de trânsito

segunda-feira, 21 de dezembro de 2009

Ninguém gosta de levar multas, não é mesmo? Subornar é crime, mas nada impede que o condutor tente dar uma desculpinha - por mais esfarrapadafoto-multas-de-transito-11 que seja - para tentar fugir da infração sem corromper o guarda de trânsito com dinheiro ou outras atitudes erradas.

Confira quais são as desculpas mais usadas para fugir de multas de trânsito:

Quando é pego no celular: “Eu não cheguei nem a falar direito no telefone. Acho que questão de segundos, eu não posso falar agora e desliguei”

Carteira vencida: “Eu paguei a licença, mas eu não fiz a escolinha por falta de tempo”.

Estacionar em local proibido: “Eu fiquei aqui apenas cinco minutinhos” e “A culpa é do governo que não faz estacionamento para a gente parar”.

Reclamação com o guarda: “O senhor devia estar correndo atrás de bandido ao invés de ficar multando pessoas trabalhadoras” e “O governo só quer tirar dinheiro do povo com essa indústria de multas”.

Clássica das mulheres quando estão sem carteira: “Eu esqueci, eu troquei de bolsa”.

Fonte: G1

Detran-SP de olho no fraude das multas

terça-feira, 21 de julho de 2009

Se você é daqueles que gostam de dar o “jeitinho brasileiro” para escapar dos pontos na carteira de motorista, cuidado!

O Detran-SP iniciou uma caça aos fraudadores e a primeira medida foicnh2 tomada ontem, 20 de julho. O órgão de trânsito paulista irá pedir ao Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) que informe o departamento sobre os registros de óbitos no Estado.

Com isto, o Detran pretende acabar com o esquema em que empresas colocam no nome de pessoas falecidas os pontos obtidos pelo infrator.

Outras medidas estão sendo estudadas para serem propostas ao Congresso e ao Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), como a obrigatoriedade de se reconhecer a firma no ato da indicação do condutor do veículo multado.

Fonte: O Estado de S. Paulo.

São Paulo vai multar por falta à inspeção veicular

terça-feira, 5 de maio de 2009

radar2

As primeiras multas para quem desrespeitar a lei municipal da inspeção veicular ambiental na capital paulista começarão a ser emitidas neste mês para os veículos com placas de final 1 que forem flagrados circulando irregularmente na cidade.

O valor da multa é de R$ 550,00. As autuações serão feitas por meio do sensoriamento remoto, equipamento móvel capaz de fazer até 6 mil leituras de placa por dia.

Os dados captados pelo equipamento, que pode ser instalado em qualquer via do Município, serão cruzados com o banco de informações dos veículos inspecionados.

Cerca de 22 mil carros e 43 mil motos da frota paulistana com placas de final 1 perderam o prazo para o teste - que venceu no dia 30 - e estão sujeitos às punições previstas na lei.

Além da multa, os veículos que perderam o prazo ficam automaticamente com o licenciamento bloqueado no Departamento Estadual de Trânsito (Detran).

Fonte: G1