Posts com a Tag ‘Segurança’

Peças de reposição

quinta-feira, 19 de dezembro de 2013

19-12-2013-1

Carro não é investimento: ele nunca vai ser valorizado na mão do proprietário, é muito caro e gera gastos. Na hora de pensar em reposição de peças, não é diferente. Mas isso não quer dizer que seja sempre preciso gastar “os olhos da cara”.

As peças de reposição podem ser oriundas de quatro fontes, com preços bem diferentes:

· Montadora - $$$$

· Mesmo fabricante da montadora, mas no mercado de reposição - $$

· Segunda linha e outras fabricantes - $

· Peças recondicionadas - $

A relação de preço entre elas é mais ou menos o que foi listado. Mas preste atenção em algumas coisas: existem peças boas e ruins nas quatro fontes. Nem sempre a mais cara é melhor e nem sempre é bom negócio pagar menos.

Tudo vai depender do que seu carro precisa e do que você quer. Uma dica valiosa: economia nunca deve ser feita com pneus e freios. Ainda assim, não precisa sair gastando em qualquer loja careira.

O mais seguro a se fazer é delegar a escolha para o seu mecânico de confiança. Ninguém melhor do que ele para avaliar a qualidade da peça. Além de ter a experiência com os diversos fornecedores, se por acaso a nova peça estiver defeituosa, é ele que terá que trabalhar gratuitamente para substitui-la.

Sem ABS e airbag obrigatório para o início do ano?

quarta-feira, 18 de dezembro de 2013

18-12-2013-1

A falada lei que obriga todos os carros em território nacional terem ABS e airbag de fábrica a partir de janeiro de 2014 pode ser adiada. O motivo? Preço dos equipamentos.

Com medo de os carros ficarem mais caros (e podem ficar mesmo enquanto tiver gente pagando) pode adiar a lei que garante mais segurança para os passageiros e motoristas. Como as vendas são mais importantes que a segurança…

O ministro da Fazendo, Guido Mantega, afirmou que é muito possível que a medida seja adiada. Com isso, carros como o Gol G4, Fiat Uno Mille e sobretudo a Kombi poderiam ser produzidos até a lei entrar em vigor.

Essa medida gerou outro problema: os compradores da Kombi Last Edition já se mobilizaram dizendo que devolverão o carro que, se não for o último, não tem nada de “colecionável”. Por outro lado, tirar de linha um veículo como a Kombi aumenta a pressão interna na Volkswagem por demissões em massa.

E aí? Como resolver o impasse?

Mecânico de confiança é importante até na hora de trocar pneus

sexta-feira, 6 de dezembro de 2013

06-12-2013-1

Às vezes, trocar pneus, alinhar e balancear pode ser mais difícil do que parece. Muito por causa da política que assumem algumas lojas do ramo.

Em alguns estabelecimentos que vende e presta serviços de manutenção, os vendedores recebem pela venda de peças caras da suspensão, como molas, amortecedores e pivôs. Por isso, eles podem tentar vender para o cliente esse material mesmo que não seja necessário.

Como a maioria de nós não tem como conhecer a situação das peças do automóvel, acabamos caindo na conversa e gastando muito dinheiro. O único jeito de saber é consultando um mecânico de confiança.

A melhor saída é fazer uma cotação na própria loja de pneus e levar o carro a seu mecânico para que ele veja a real situação da suspensão e se o valor proposto pela loja é condizente, tanto em peças como em mão de obra.

Vale ressaltar que o seu veículo realmente pode estar precisando de alguns reparos. Mas, também pra isso, ninguém melhor que o seu mecânico para dizer. Viu? Ter um bom e confiável profissional influencia até mesmo uma simples troca de pneus.

Nenhuma cadeirinha de bebê recebe nota máxima em teste da ProTeste

segunda-feira, 2 de dezembro de 2013

02-12-2013-1

Existe uma sábia lei de trânsito brasileira que exige que crianças ejam transportadas com cadeiras apropriadas a sua altura e peso, a tal “cadeirinha”.

A instituição de segurança e teste automotivos Global NCAP então contou co o auxílio da ProTeste para analisar as cadeirinhas disponíveis no mercado nacional. A boa notícia é que não há discrepância de qualidade entre as marcas e modelos. A má notícia é que nenhuma obteve nota máxima.

O grande problema do teste, para todos os modelos, foi no caso de colisão lateral. Mesmo as cadeirinhas monstrando-se confiáveis em transportar, colisões frontais e traseiras, nenhuma conseguiu nota “bom” em colisão lateral, ficando apenas no “aceitável”.

Vale lembrar que toda criança de até 7 anos deve ser transportada obrigatoriamente na cadeirinha adequada a seu peso e altura.

Celular ainda causa acidente de trânsito

quinta-feira, 31 de outubro de 2013

31-10-2013-1

Um dos grandes inimigos do motorista é o celular. É impossível viver sem um. Em capitais e cidades grandes, não atender o celular ao volante pode significar até 4 ou 5 horas diárias completamente incomunicável. E aí entra trabalho, família, amigos…

Por outro lado, falar ao celular deliberadamente enquanto dirige é perigoso e causa acidentes. E uma nova moda preocupa ainda mais: tracar SMS ou conversar via WhatsApp enquanto dirige. Aí é grave.

O Instituto de Transportes e Tecnologia da Virgínia, ligado ao NTHSA, um dos principais órgãos de segurança viária dos EUA, afirma que ao enviar uma mensagem de texto, o motorista aumenta em 23 vezes a chance de se envolver em um acidente. Ao fazer uma ligação, a atividade cerebral ligada à direção diminui em 37%.

A melhor saída é sincronizar o celular com o rádio. A grande maioria dos aparelhos de som dos carros atuais tem essa opção, em que o motorista conecta seu telefone com o som via bluetooth. Dessa forma, pelo menos, as duas mãos continuam no volante.

Trocar SMS ou outro tipo de mensagem escrita, só com o carro parado, aí não tem alternativa.