Posts com a Tag ‘troca’

Mitsubishi convoca recall para a L200 Triton

segunda-feira, 31 de maio de 2010

triton

A semana começa com um recall no DirigindoSeguro. A Mitsubishi convocou na última quarta (26/05) um recall da picape L200 Triton fabricadas entre 2007 e 2009. Segundo a montadora os proprietários devem comparecer a uma concessionária para trocar trocar o braço superior da suspensão dianteira.

Segundo a fábrica, parafusos que fixam a peça podem afrouxar com o uso provocando ruídos e perda da dirigibilidade que, em casos extremos, pode provocar acidentes.

O atendimento aos modelos começou no dia 27 e maiores informações podem ser obtidas pelo site da fábrica ou pelo telefone 0800-7020404.

Confira os chassis envolvidos:
De 00001 a 15347

Fonte: Icarros

Cuidados com o câmbio automático

sexta-feira, 21 de maio de 2010

Cada vez mais o câmbio automático está se tornando parte do cotidiano dos motoristas que enxergam neste antigo artigo de luxo uma boa solução para enfrentar o caótico trânsito das grandes cidades - sem ter que ficarcambioautomatico1 engatando e desengatando a marcha.

Segue então algumas dicas para você manter em ordem a transmissão automática:

1-) Sempre que o carro estiver no plano, em velocidade de cruzeiro, o câmbio automático deve permanecer em “D” (Drive).

2-) Repare no chão da garagem que você para o carro: manchas de fluido avermelhado podem indicar vazamentos.

3-) Mantenha o nível de fluído sempre na marca, nem acima e nem abaixo.

4-) Utilize apenas o fluido indicado no manual do veículo ou da transmissão.

5-) Barulhos estranhos ou trancos nas trocas de marchas é sinal que algo está errado, procure um mecânico.

6-) Siga as orientações de troca de fluido descritos no manual (normalmente a primeira verificação é quando o carro atinge 25 mil Km.

Fonte: G1

Nova Zona Azul

sexta-feira, 13 de março de 2009

A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) começou ontem, dia 12, a troca dos talões antigos de Zona Azul pelo modelo novo.

Os novos modelos, segundo a companhia, foram desenvolvidos com apoio técnico de peritos especializados em segurança de documentos.

O cartão possui um registro na parte superior cuja imagem deve coincidir com o verso, quando o objeto é posto contra a luz.

O modelo novo, lançado em 12 de janeiro, também possui uma marca d’água, uma fita holográfica brilhosa com a frase “CET autêntico” e é impresso com uma tinta antifraude.

A partir do dia 13 de maio, as folhas do modelo antigo perderão a validade, mas poderão ser trocadas na sede da CET. As trocas ocorrem nos 10 endereços até 12 de maio das 8h às 12h e entre 13h e 16h.

Confira os locais autorizados:

Zona Oeste:

- Avenida Marquês de São Vicente, 2154 - Barra Funda (Estação Barra Funda do Metrô)
- Rua Sumidouro, 546 - Pinheiros (Estação Pinheiros da CPTM)

Zona Norte:

- Avenida Santos Dumont, sobre Ponte das Bandeiras - Ponte Pequena (Estação Armênia do Metrô)
 

Zona Leste:

- Rua Vilela, 572 - Tatuapé (Estação Carrão do Metrô)Zona Sudeste:

- Rua Dona Brígida, 721 - Vila Mariana (Estação Vila Mariana do Metrô)

Zona Sul:

- Avenida Guido Caloi, 100 - Santo Amaro (Estação Giovanni Gronchi do Metrô/ Estação Santo Amaro da CPTM / Terminal de Ônibus João Dias)
- Parque Ibirapuera - quiosque da Zona Azul no bolsão do prédio da OCA
- Parque Ibirapuera - quiosque da Zona Azul no bolsão do prédio do MAM

Centro:

- Rua Bela Cintra, 385 - Cerqueira César (Estação Consolação do Metrô)
- Rua Senador Feijó, 143 - Centro (Estação Sé do Metrô)

Fonte: G1

Troca de filtros

quarta-feira, 21 de janeiro de 2009

Os filtros de ar, óleo e combustível são baratos, descartáveis e rápidos de trocar, porém, muitos proprietários acabam não respeitando critérios básicos de manutenção, aparecendo problemas devido a desatenção.

Saiba quando trocar cada filtro:

Filtro de óleo

Com o tempo, os filtros vão entupindo, diminuindo a pressão de óleo dentro do motor e comprometendo a lubrificação. Então é hora de fazer a substituição, sempre junto com a troca de óleo - não a cada duas trocas, como muitos dizem por aí.
Isso por dois motivos básicos:

- O óleo novo pode levar para dentro do motor as impurezas que estão no filtro velho;

-O filtro velho pode obstruir a passagem de componentes do óleo que não deveriam ser filtrados;

O óleo mal filtrado também provoca um desgaste prematuro das peças do motor, como pistões, cilindros, anéis, válvulas e mancais.

Filtro de ar

O filtro é projetado para rodar 5 000 km em condições severas ou 10 000 km em condições intermediárias. 7 500 km é o valor indicado é a média desses casos.

E não é só na hora da troca que o proprietário precisa estar atento com o filtro de ar e sim quando limpar. O dono do carro deve evitar a atrocidade de limpar a peça com um jato de ar, a pressão do ar abre a malha de filtragem, diminuindo a capacidade de absorção de impurezas.

O resultado é que o fluxo de ar para dentro do motor se torna muito maior que o ideal, e as impurezas da atmosfera acabam passando impunemente.

Outro ponto importante na hora de substituir o filtro é aspirar os resíduos que restaram no reservatório no momento da troca e não deixar o local aberto por muito tempo. Cuidado, muitos mecânicos passam só um paninho, que além de não remover as impurezas que ficaram ali, ainda pode soltar mais sujeira que acaba entrando no motor.

Filtro de combustível

A gasolina, o álcool ou o diesel que utilizamos são manipulados diversas vezes até chegarem a nossos carros absorvendo impurezas do ar e dos reservatórios nos quais foram armazenados no percurso. Daí a importância do filtro, que barra essas partículas e impede que comprometam os componentes de injeção, como a bomba de combustível e os bicos injetores, ainda mais delicados.

A troca é determinada pelo fabricante e varia de acordo com o veículo.

O tipo de filtro também varia de acordo com o tipo de combustível utilizado. Os filtros para gasolina são feitos de alumínio, enquanto os de automóveis a álcool, de plástico, porque o álcool reage com o alumínio e entope a passagem do combustível.

Por isso, além das trocas periódicas especificadas no manual do proprietário, recomenda-se substituir imediatamente o filtro em caso de utilização de combustível ou adulterado.

Fonte: Terra

Pneu novo é atrás

sexta-feira, 9 de janeiro de 2009

O ideal é trocar os quatro pneus de uma vez, mas como as vezes não é possível comprar os quatro, o ideal é colocá-los a trás.

Segue abaixo alguns motivos:

1 - Melhor resposta nas saídas em veículos de tração traseira;

2 - Melhor aderência em terrenos inconsistentes em veículos de tração trasei

3 - Melhor dirigibilidade e maior segurança em veículo sobreesterçante, que são aqueles com maior tendência de perder a aderência na traseira (geralmente com tração nas rodas de trás), o que é mais difícil de ser controlado;

4 - Otimização dos freios porque a carga sobre o eixo dianteiro pode vir a ser o dobro daquela aplicada no eixo traseiro, o que justifica a necessidade de ter pneus com maior aderência no eixo menos carregado, para melhor distribuir a ação dos freios;

5 - Melhor desempenho em pavimentos de baixa aderência;

6 - Uma perfuração ou avaria num pneu dianteiro é rapidamente constatada e o controle do veículo é facilitado pela direção. Por esta razão, os pneus novos ou os em melhor estado devem ser montados nas posições traseiras onde a percepção de qualquer problema dessa ordem é mais demorada e onde o controle do veículo também é mais difícil;

7 - Nas situações críticas, como por exemplo, em dias de chuva, uma eventual aquaplanagem em curva é muito mais perigosa nos pneus traseiros do que nos dianteiros.

Fonte: G1